Share on Google+

Bye Bye Alemanha

  (Es war einmal in Deutschland...)
Sinopse Em Frankfurt, 1946, o judeu David Berman e seus seis amigos, só tem um propósito em mente: conseguir finalmente ir embora da Alemanha. Mas, nos tempos difíceis de crise após o fim da Segunda Guerra Mundial, eles precisam de muito dinheiro para realizar seu sonho de partir para os Estados Unidos. Para isso, encontram apenas uma saída: começar a vender enxovais para mulheres alemãs.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Bye Bye Alemanha
Título Original Es war einmal in Deutschland...
Ano Lançamento
Gênero Comédia / Drama / Guerra
País de Origem Alemanha / Luxemburgo / Bélgica
Duração102 minutos
Direção
Estreia no Brasil 24/08/2017
Estúdio/Distrib. Mares Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... David Bermann
... Special Agent Sara Simon
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Drei kleine Geschichten ”Interpretada por Evelyn Künneke

Trailer



Comentários


26/08/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data quando de seu lançamento nacional e em algumas cidade privilegiadas como a minha. Olha! É mais um filme em minha vida que versa sobre a II Grande Guerra (1939/1945). Um tema realmente apaixonante e que neste ano já nos brindaram com títulos, de médios para baixo, como o são A Viagem de Fanny (2016) ou do mesmo patamar como Os Meninos Que Enganavam Nazistas (2017) ( estes dois filmes chegam a ser piegas pelo seu melodrama choroso ) ou um que já pede passagem para entrar na fila dos filmes obras primas do gênero chamado II Guerra. Falo do sempre excepcional DUNKIRK (2017). Mas este Bye Bye Alemanha (2017) entra na fila dos médios (é claro que não chega ser xaroposo). O tema especifico é sobre o holocausto judeu. Tema de judeus na II Grande Guerra é muito batido pelas produções. Hoje, em especial, as europeias como é o caso deste filme assistido nesta tarde. Mas só que desta vez o roteiro procura entrar em um tema árido. É aquele de fazer comédia sobre o holocausto. O cara que conseguiu fazer isso muito bem foi Roberto Benigni com sua obra prima A Vida é Bela (1997) e vez isso e sumiu (provando que estava de aniversário ou fazendo a primeira comunhão) para não falar do mestre dos mestres que foi o grande Charlie Chaplin. Mas este filme visto neste sábado não se compara. É um filme até com diálogos bem interessante. Mas me pareceu mais um produção, da Alemanha, Luxemburgo e Bélgica, mais preocupada em mostrar o que aconteceu com os judeus e como eles encaravam o fato de estar em uma cidade com Frankfurt de 1946 e prestes a ir para Israel ou até para os EUA. E nos créditos finais dizem que ficaram 4 mil judeus vivendo em solo alemão. Apesar de ser um filme menor assistimos boas interpretação de seu elenco. Falo dos alemães Motitz Bleibtreu e da bela Antje Traue. E depois é mais um filme que merece três estrelas e sendo assim vai um regular para um incentivo, e que nos próximos filmes, os caras melhorem um tema já gasto e desgastante para pessoas, como eu, que não sai destas salas maravilhosas e que por enquanto, ainda, chamamos DE CINEMA.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Bye Bye Alemanha (Es war einmal in Deutschland...)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.