Share on Google+

Me Chame Pelo Seu Nome

  (Call Me by Your Name)
Sinopse Verão de 1983, norte da Itália. Elio Perlman, um jovem ítalo-americano de 17 anos, passa seus dias na vila de sua família, um antigo casarão do século XVII. Seus dias são repletos de composições ao piano e flertes com sua amiga Marzia. Um dia, Oliver, um charmoso homem de 24 anos, chega para ajudar o pai de Elio em sua pesquisa sobre cultura greco-romana. Sob o sol do verão italiano, Elio e Oliver descobrem a beleza do despertar de novos desejos que irão mudar as suas vidas para sempre.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Me Chame Pelo Seu Nome
Título Original Call Me by Your Name
Ano Lançamento
Gênero Drama / Romance
País de Origem Itália / França / Brasil / EUA
Duração132 minutos
Direção
Estreia no Brasil 18/01/2018
Estúdio/Distrib. Sony Pictures
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Oliver
... Elio
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Hallelujah Junction - 1st Movement ”Escrita por John Adams
Interpretada por Timothée Chalamet
“M.A.Y. in the Backyard ”Escrita e Interpretada por Ryuichi Sakamoto
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


03/01/2018 - Nilson Jr. (53 anos)

  Bom
Denunciar
Um filme sobre um romance de verão, mas também um "coming of age" que retrata o amadurecimento do jovem Elio de uma forma delicada e no entanto, despudoradamente erótica, no seu relacionamento com Oliver, em um cenário lindo e bucólico no interior italiano em meio a um ambiente multicultural e de nível intelectual elevado, revelando a força da família como entidade social central para a esperança de uma evolução da sociedade, onde prevalecem os laços de amizade e as trocas socioculturais, sem vestígios daquela que conhecemos em geral quando se aborda um tema LGBT, patriarcal, preconceituosa e hipócrita. Bem, dito isso, achei que falha pecaminosamente no roteiro/narrativa, levando a muito tempo de letargia até que se encontre o "timming" do relacionamento. Destaque para o jovem ator Timothée Chalamet, que brilha com o seu personagem Elio.

08/01/2018 - Kassio (20 anos)

  Bom
Denunciar
Nossa, me senti perdido com este filme, depois de tantos elogios da crítica e o endeusamento em cima dele, me frustrei, realmente tem lindos momentos, uma história bonita, mas passa em nuvens brancas, sempre imaginava, algo vai acontecer, mas nada acontecia, e isso até o momento final, frustração minha talvez que depositei algo mais forte, que despertasse em mim, lindas paisagens bucólicas, atores charmosos, impecáveis e talentosos, isso sem dúvida tem, mas a história faltou algo, achei crua demais.

18/01/2018 - Sérgio Sarmento (64 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando tivemos seu lançamento em nível nacional efetivado no dia de hoje. Olha! Filme oportunista! Desta maneira é francamente suspeito ao cair no gosto de pessoas totalmente despreparadas e que elegeram uma obra como essa como o queridinho de festivais, até com um certo gabarito, como é o Sundance de 2017. O filme em realidade nos fala de um "drama gay" (não tem como esconder depois da sinopse acima) entre um professor "mais velho" norte americano de arte grega e um adolescente puxando mais para o italiano e de 17 anos. O filme é só cultura, pois é o que mais se fala entre seus participantes. Seja na língua italiana, francesa ou inglesa. A obra se passa no verão de 1983 em localidades ao norte da Itália e que poderia ser em qualquer lugar, campestre, bucólica formando, com isso, uma belíssima fotografia. Além disso o filme deveria ser mais um que nos fala de "um amor de verão" (dos "montes" de obras heterossexuais que assisto desde minha adolescência cinematográfica). E que com isso se tornaria tão somente mais uma obra de aprendizado para seu "casal" de participantes. O incrível é que o diretor italiano Luca Guadagnino gosta de obras polêmicas. De um total de cinco filmes dirigidos por ele. Antes deste assistido hoje, só UM chegou aos CINEMAS do Brasil. E que chamou " 100 Escovadas Antes de Dormir " (2005) (já este título, como vocês podem ver, SÓ polêmica). Assisti este filme NO CINEMA em 2006, mas não recordo o mês e muito menos o dia. E neste ele já falava de UMA adolescente de 14 anos e que se torna uma prostituta. Um tema altamente "pesado", mas sem deixar de ser interessante. Mas seu último filme, sem polêmica alguma, nem chegou AO CINEMAS no Brasil (e por isso não assisti). Falo de A PISCINA - Um Mergulho no Passado (2015). Uma cópia "descarada" de um clássico francês de 1969, chamado A PISCINA do diretor Jacques Deray e com o notável Alain Delon e a sempre ótima, linda e "tudo de bom" Romy Schneider. Pelo visto e sedimentando o diretor Guadagnino é um cliente que adora, para aparecer, casos singulares. Já os atores deste filme atual tem como protagonistas os atores Armie Hammer que faz o professor Oliver e com sinceridade é mais um rosto "bonitinho" no cinema. Pois talento dramático deste cara é muito pequeno (se existisse). Já o adolescente de 17 anos, que na real tem 22 anos, Elio, é vivido pelo talento deste Timothee Chalamet. O filme, além disso se presta, para ter um discurso do personagem Perlman totalmente equivocado como se esta figura, em realidade, quisesse coisa " mais série" entre os " dois pombinhos" esquecendo que o grande lance, nesta situação, é o aprendizado de seus participantes, e em especial quem deveria ter. E depois este Me Chame Pelo Seu Nome (2017) tem várias relações sexuais, entre "eles", totalmente púdicas, provando ser mais uma obra criada para faturar e causar polêmicas. Ah! E mais um vez, pela amarração das notas do site, vou ter que dar três estrelas, na real seriam só duas, mas duas nos informa que seria RUIM, e isso este "pecaminoso" filme, não o é. Enfim e definindo! É mais um filme que "rola" há dias na internet (os colegas acima não me deixam mentir) e NO CINEMA (por isso fui correndo assistir) e com isso facilitam, para quem me lê, ver e assim tirarem suas próprias conclusões. Amém!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Me Chame Pelo Seu Nome (Call Me by Your Name)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.