Share on Google+

Um Limite Entre Nós

  (Fences)
Sinopse Anos 1950. Troy Maxson (Denzel Washington) tem 53 anos e mora com a esposa, Rose (Viola Davis), e o filho mais novo, Cory (Jovan Adepo). Ele trabalha recolhendo lixo das ruas e batalha na empresa para que consiga migrar para o posto de motorista do caminhão de lixo. Troy sente um profundo rancor por não ter conseguido se tornar jogador profissional de baseball, devido à cor de sua pele, e por causa disto não quer que o filho siga como esportista. Isto faz com que o jovem bata de frente com o pai, já que um recrutador está prestes a ser enviado para observá-lo em jogos de futebol americano.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Um Limite Entre Nós
Título Original Fences
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração139 minutos
Direção
Estreia no Brasil 02/03/2017
Estúdio/Distrib. Paramount Pictures
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Troy Maxson
... Rose Maxson
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Jesus Be A Fence Around Me ”Escrita por Sam Cooke
Interpretada por Viola Davis
“Judgment ”Escrita por Mary Nelson (como Sister Mary Nelson)
Interpretada por Mykelti Williamson
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

06/03/2017 - Lua (30 anos)

  Bom
Denunciar
Filme pesado, com diálogos fortes e atuações MARAVILHOSAS... Denzel um mestre e Viola uma deusa (gente o que é essa mulher atuando?!). Concordo que é um filme longo demais... Porém possui cenas de grande impacto que por fim compensou. Destaco também a atuação de Mykelti Williamson.

07/03/2017 - Carlos (31 anos)

  Regular
Denunciar
Eu não gostei, pra mim não é o melhor filme da Viola. Acho que o Oscar tentou arrumar as injustiças das outras edições. Um filme que não pretendo ver novamente. Longo demais.

07/03/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento efetivado nacionalmente em 02.03 passado. É claro que temi não assistir o filme NO CINEMA e por conseguinte em lugar algum. Mas como, surpreendentemente, foi selecionado ao Oscar de melhor filme (imerecidamente) a Paramount Pictures trouxe e lançou em poucas cópias NO CINEMA. Coisa realmente é muito séria, pois até dias antes do lançamento, não tínhamos um título nacional só o seu original em ingles Fences (cercas). Olha! Ao contrario de quem disse que o filme é sensível. Vos digo que de maneira alguma me sensibilizou uma produção híbrida como essa. Pois não sabemos se é "um teatro filmado" ou é uma obra cinematográfica na verdadeira acepção da palavra. O filme obviamente é uma produção independente. Baseada em uma belíssima peça teatral do final dos anos 1980. Não ficou "legal" está transposição para O CINEMA. Culpa diretamente do diretor Denzel Washington. Que carregou muito na "parte teatral" com falas e metragem muito grande e esquecendo que CINEMA não é aquilo não. Mas mesmo assim ele e sua equipe de atores estão muito bem. O filme se passa nos anos 1950 em uma belíssima cidade de Pittsburgh no estado da Pensilvânia. Apesar de ser uma produção modesta a saliência da boa reconstituição de época é flagrante. Além disso o filme trata de um tema fascinante que é a segregação racial é as mazelas de um pai autoritário e frustrado por não alcançar uma profissão mais indicada pela sua adolescência. É claro que a pessoa que estou falando é do ator Denzel. É ele o Sol desta produção. Merecidamente indicado ao Oscar de melhor ator. Mas com justeza não levou. Pois tinha atores melhores do que ele. Inclusive o vencedor que foi Casey Affleck. Alias no dia da entrega do Oscar o senhor Denzel, pelo seu olhar superior, pensava que iria ganhar o prêmio. E como não aconteceu, vimos uma certa frustração, neste mesmo olhar. Provando o que realmente se salva neste filme que é seu casting. Viola Davis ganhou, merecidamente, o Oscar de melhor atriz coadjuvante. E seu discurso ao receber o prêmio foi simplesmente sensacional. O melhor de todos. Não citarei mais ninguém. Pois de maneira decisiva Denzel Washington dirigiu muito bem a si mesmo e a todos os seus demais colegas de elenco. Enfim! É filme que mesmo tendo uma metragem excessiva de 139 (como sempre cronometrados por mim) minutos. Devemos agradecer por ter visto o filme. Pela único e exclusivo motivo de sua seleção ao "Oscar de melhor filme de 2017". Mesmo! Vejam bem! Sendo um filme com enormes pecados. Mas principalmente por poder assistir um dos ícones DO CINEMA que é seu ator e diretor Denzel Washington. E que espero, com um certo entusiasmo, O PROTETOR 2 (2018) para o mês de setembro de 2018 com a direção do bom Antoine Fuqua. E desta feita, o tenho dito, seria extremamente necessário, mas não vou de maneira alguma propala-lo.

08/03/2017 - Alex (51 anos)

  Bom
Denunciar
Filme longo... Mas eu achei bom. A atuação de Viola Davis é algo fora de série.

08/03/2017 - Leonardo (29 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme com ritmo bastante lento. Denzel Washington e Viola Davis estão fantásticos.

20/03/2017 - Carla (41 anos)

  Regular
Denunciar
Que decepção os filmes do Oscar esse ano. Esse filme então é cansativo, Denzel Washington é maravilhoso, mas o personagem é chato. A atriz é maravilhosa, ganhou o oscar por causa de algumas cenas, porque a maior parte do tempo ficou calada. Enfim, achei muito barulho por nada!

23/03/2017 - Henrique (59 anos)

  Ruim
Denunciar
Ahhh como eu não gosto de teatro em cinema! (uma coisa é uma coisa, outra...), parecia mais uma treinamento de interpretação e ainda foi indicado ao Oscar de melhor filme (As vezes acho que não entendo bulhufas de cinema rsrs). O filme ganha alguma força a partir do momento em que ele conta seu segredo a esposa, ai Viola Davis faz jus ao Oscar. Como não sou de parar de assistir filmes, fui até o fim, mas Cara! Ainda estou com a falatório do Denzel Washington na cabeça kkkk.

26/03/2017 - Cri-crítico (49 anos)

  Péssimo
Denunciar
Simplesmente não consegui ver até o final! Um blá-blá-blá entediante e interminável. FUJAM desta BOMBA! Também não entendo o que veem "demais" nessa tal de Viola (viola?) Davis, é boa atriz, sem dúvida, mas nada de excepcional. Nota 1,0.

08/04/2017 - Thiago Louzardo Oler (30 anos)

  Ruim
Denunciar
Filme ruim. Parado, arrastado. Boas atuações de Denzel e Viola salvaram-no do "PÉSSIMO".

17/04/2017 - New (27 anos)

  Ruim
Denunciar
Se você não estiver com muita paciência (tem dias que não temos rsrsrsr) não assista! A primeira meia hora (ou mais) só tem diálogos longos que não fazem diferença na história, é meio entediante!

18/04/2017 - Priscila (29 anos)

  Ruim
Denunciar
Acabei de terminar o filme. Detalhe: Comecei ontem. Sério. Não consegui assistir tudo em um dia. E olha que eu AMO DRAMA. Mas que história chata. Se arrasta. Diálogos entediantes... Que saco. Ainda bem que não fui assistir no cinema. Com toda certeza, eu não irei assistir novamente. Viola e Denzel são dois monstros, mas não vi nada demais nesse filme.

28/04/2017 - Gessé G. Furlan (46 anos)

  Péssimo
Denunciar
Quer assistir um 'converseiro' sem graça e muitas vezes sem sentido? Assista este filme. Como disse outra pessoa, filme é entediante; Como eu gosto de dramas, assisti até o fim porque queria ver até onde ia chegar esta 'grande obra prima'. No final, cheguei a conclusão que só perdi meu tempo, porque não acontece nada de interessante.

25/05/2017 - Kadu (40 anos)

  Regular
Denunciar
Até que eu esperava mais desse filme, mas o excesso de diálogos, às vezes desnecessários, fazem dele um filme cansativo e arrastado.

02/07/2017 - Bessa38 (78 anos)

  Bom
Denunciar
Excesso de diálogos, leva a perder o interesse que o tema oferece e a direção de DENZEL WASHINGTON, fica a dever sem criatividade, fazem os atores arrastarem-se, não tirando o melhor de cada um. Já está na hora de ATORES, quererem também ser diretores. CHARLIE CHAPLIN e WOODY ALLEN, são exceções e dificilmente aparecerá alguém oferecendo aos cinéfilos, uma leitura correta e emocionante. Ainda assim, o filme pode ser considerado bom, pelo tema e a atuação de VIOLA DAVIS, a única que realmente, transmite emoção, veracidade.

04/07/2017 - Luiz Henrique (27 anos)

  Bom
Denunciar
Pesado o filme e cansativos diálogos, porém é bom o filme!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Um Limite Entre Nós (Fences)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.