Share on Google+

Paraíso

  (Ray)
Sinopse Olga, imigrante da aristocracia russa e membro da Resistência Francesa, é presa pela polícia nazista por esconder crianças judias. Na prisão, ela conhece Jules, um oficial que está encarregado de seu caso, e que promete libertá-la em troca de favores sexuais. Ela concorda, mas vê seu plano ruir quando é transferida para um campo de concentração. Para sua surpresa, ela cruza o caminho de Helmut, um oficial de alta patente da SS alemã que é perdidamente apaixonado por ela desde quando ainda eram jovens - e até hoje mantém seus sentimentos.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Paraíso
Título Original Ray
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Rússia / Alemanha
Duração130 minutos
Direção
Estreia no Brasil 26/01/2017
Estúdio/Distrib. Mares Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Olga
... Krauze
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


27/01/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento nacional ocorrido ontem. É mais um filme importante que coloco, lamentavelmente, "na fila" dos que ninguém assiste. E isso tem reflexos nos comentários, pois só terá o meu, aqui em um espaço tão nobre. Olha! É mais um belíssimo filme denuncia sobre a realidade da Segunda Grande Guerra. E que faz um "mea culpa" da Alemanha (é uma produção russa/alemã) sobre as atrocidades vinculadas naquela guerra fratricida. Uma boa curiosidade do filme é que fazia quase 30 anos. Eu disse trinta anos! Que não assistia um filme do veterano (ele é de 1937) cineasta russo Andrey Konchalovsky. O último filme dele, visto EM CINEMA no Brasil, foi Tango e Cash - Os Vigadores (1989). Isto não quer dizer que o cara deixou de filmar. Nada disso! Pois pelo cadastro do IF observo que os últimos sete filmes não foram distribuídos, EM CINEMA, no Brasil. Se isso não fosse cômico diria que é trágico. Bem! Mas retorno para Terra. O filme Paraíso (2016) é daqueles que assistimos com um misto de prazer e curiosidade. Para começo de assunto inicia em 1942 em uma França ocupada. É em preto e branco (certos diretores, os melhores, sempre procuram fazer assim para dar mais realismo para suas obras). Outra coisa que os espectadores notam na tela grande (é só ai mesmo, pois naquela tela ridícula de uma televisão não saberia dizer o formato) é que a imagem é quadrada em uma legitima (1:1,37) portanto fotografado em um digital de ultima geração. O húngaro FILHO DE SAUL (2015), grande vencedor do Oscar de filme estrangeiro de 2016, também foi filmado neste processo "quadrado". Outra coisa é que o filme procura argumentos, daqueles três protagonistas, para explicar de maneira decisiva, através da religião, quando fala no inferno e paraíso. Com bons atores onde sobressai os três principais. Como a russa Yuliya Vysotskaya. O alemão Christian Clauss ou um francês como Philippe Duquesne. Em fim! É filme realista mesmo mostrando um melodrama que chama nossa atenção ao longo dos seus. Pasmem! Cento e trinta e dois (sempre e eternamente cronometrados por mim) minutos.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Paraíso (Ray)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.