Share on Google+

BR 716

  (BR716)
Sinopse Em meio a complicada situação políticia do Brasil durante a década de 60 a boemia carioca vive. Felipe, engenheiro e aspirante a escritor, vive uma vida regada aos prazeres do álcool e festas no apartamento dado por seu pai, localizado na famosa rua Barata Ribeiro, em Copacabana.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil BR 716
Título Original BR716
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem Brasil
Duração85 minutos
Direção
Estreia no Brasil 17/11/2016
Estúdio/Distrib. Forte Filmes
Idade Indicativa 14 anos

Trailer



Comentários


26/11/2016 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando de seu lançamento, e em segunda semana, nacional efetivado em 17.11 passado. Mais uma vez dando seguimento na aventura de " assistir filmes " que ninguém vê NO CINEMA. Olha! Filme muito. Mas muito cativante! Grande parte filmado em P&B o filme nos dá uma ideia, de um cine biografado deste genial. Este cidadão de 80 anos realizados no último 28.09 passado. Parece que não crer crescer e desta maneira ficar sempre jovem. É mais ou menos "um complexo de Peter Pan ". Mas vou ser mais claro possível. O filme é um misto de profissional e de um amadorismo, mesmo. É obra, como as anteriores dele, que tem vários atores. E todos parecem que querem ser perdidos em cena. O filme se passa todo ele nos anos 1960 até quando tivemos a implantação da Ditadura Militar em 01 de abril de 1964. Quando é um "Deus nos acuda" sem precedentes em nossa história mais próxima. O filme tem como base a Rua Barato Ribeiro, 716. A tal BR 716! E onde seu personagem principal, ao que tudo indica seu diretor quando jovem, e que passa todos os dias, é isso mesmo, em festas com muita bebida. O filme na real celebra muito as mulheres, as festas, a amizade e as bebidas. Sempre me pergunto se tinha droga. Mas não lembro! Mas tinha muito sexo com casais e lesbianismo, com certeza. O filme é sensacional na parte musical e que ganhou o Kikito no festival de Gramado 2016. E o filme, como um todo, também deu Kikito. Mas tem atores magníficos. Claro que o maior de todos é este grande chamado Caio Blat. Até os trejeitos do Domingos de Oliveira o cara procura imitar. No sotaque, no andar e naquela malemolência que o gênio cineasta de 80 anos tinha ou tem. Caio Blat é um dos melhores nacionais! Não tenho a menor dúvida. Mas tem coadjuvantes que são importantes. Falo da sempre linda, divina e maravilhosa Sophie Charlotte. Gente! Aquela cor P&B, do filme, revigorou, ou melhor, plasmou a beleza desta atriz. E depois como plus ela faz um papel de bonita e burra. Sensacional! Mas tem Sérgio Guizé que faz um papel de comunista pronto para entrar em combate e levar mais alguns, com ele, para o enfrentamento com os militares de plantão. Muito bom mesmo! E vários outros. Mas tem, igualmente em seu final, é claro, o tal golpe de 1964 onde aparecem, em fotografias, vários políticos e autoridades daquela época. Apesar de ser um filme, repito, meio isso ou meio aquilo, ou seja, de uma amadorismo "vulgar e cativante" encontramos um profissionalismo latente em seu desenrolar que me comoveu vivamente. Tremendamente e atraente tudo isso! Cruz credo!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

BR 716 (BR716)

Copyright © 2016 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.