Share on Google+

Estrelas Além do Tempo

  (Hidden Figures)
Sinopse No auge da corrida espacial travada entre Estados Unidos e Rússia durante a Guerra Fria, uma equipe de cientistas - formada exclusivamente por mulheres afro-americanas - da NASA provou ser o elemento crucial que faltava na equação para a vitória dos Estados Unidos, liderando uma das maiores operações tecnológicas registradas na história estadunidense e se tornando verdadeiras heroínas da nação.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Estrelas Além do Tempo
Título Original Hidden Figures
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração127 minutos
Direção
Estreia no Brasil 02/02/2017
Estúdio/Distrib. Fox Filmes
Idade Indicativa Livre

Elenco


... Katherine G. Johnson
... Dorothy Vaughan
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Crave ”Escrita e Interpretada por Pharrell Williams
Pharrell Williams performs
“Sticks e Stones ”Escrita por Titus Turner
Interpretada por Ray Charles
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

04/02/2017 - Valdecir S. Dias (58 anos)

  Ótimo
Denunciar
Acabei de assisti a esse filme maravilhoso, que encanta e nos prende com uma história tão simples, mas que nos leva a refleti sobre esse mal da humanidade que é o racismo e também o machismo. As protagonistas nos emociona com atuações arrebatadoras e divertidas. Em minha opinião esse filme deixa o preferido ao Oscar bem pra trás. Ainda não assisti a todos os indicados, mas certamente até o momento é o meu preferido.

04/02/2017 - Maria Teresa (33 anos)

  Bom
Denunciar
Filme interessante, principalmente, porque faz uma abordagem inédita sobre as primeiras mulheres (computadores negras) que trabalharam na Nasa, na década de 60 ou no início da exploração espacial. Adorei o filme, mesmo achando que o tema da "segregação racial" poderia ter sido mais bem explorado. O filme perde um pouco de brilho quando fica focado nas questões românticas que pouco acrescentam ao desenvolvimento da trama. Fora isso, achei perfeita a interação entre as três atrizes principais, Kevin Coster ainda é um colírio para os meus olhos, Kirsten Dunst está ótima como modelo da "loira gelada", enfim só não gostei do trabalho do Jim Parsons, que me lembrava o tempo todo do Sheldon (The Big Bang Theory).

06/02/2017 - Paulo Nobre (59 anos)

  Ótimo
Denunciar
Sou meio suspeito pra falar desse filme, pois gosto de todos os filmes onde a matemática se envolve. Mas, o filme não tem o foco nisso e sim em três grande mulheres, por um acaso negras, que foram fundamentais no desenvolvimento aero-espacial dos Estado Unidos.A ênfase maior é dada em uma delas. Katherine G. Johnson, interpretada pela grande Taraji P. Henson. Ela, juntamente com Octavia Spencer, Janelle Monáe e Kevin Costner, formaram um quarteto, na minha opinião, com atuações impecáveis, tudo isso atravé de uma direção segura de Theodore Melfi (único filme que vi dele).O filme, que se passa no ínicio da década de 60, do século passado, retrata também os preconceitos com os negros, mesmo quando mostravam uma capacidade superior. Retrata também a garra e para alcançar seus objetivo. Voltei ao passado, quando nas minhas aulas de informática (1977) tive que aprender a linguagem de programação fortram (chata na época), exatamente como se fala no filme, para poder operar um enorme computador da IBM, que era o mais moderno na época no núcleo de computação eletrônica (NCE) da universidade. Para mim o filme foi muito emocionante. A cena em que Kevin Costner, diz que daquele dia em diante "o mijo dos brancos e dos negros tinham a mesma cor", foi sensacional. Nem sei se isso estava no livro de Margot Lee Shetterly, no qual o filme se baseou.Não vou me alongar para não ficar chato. Digo apenas que o filme VALE (muuuitooo) A PENA! PS: Essa semana tive o prazer de ver dois grandes filmes esse e Até o último homem e um regularzinho chamado O Chamado 3.

07/02/2017 - Felippe (31 anos)

  Ótimo
Denunciar
Recomendo filmaço muito bom e merece ganhar Oscar.

08/02/2017 - Carlos (32 anos)

  Ótimo
Denunciar
Não preciso escrever muito. O filme é bom. Assistam. Tchau.

08/02/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, no dia de ontem, quando do lançamento nacional efetivado em 02.02. Passado. Olha! É, como diversão, um filme só razoável. Mas também é só isso mesmo. Com uma hestorinha até piegas. Pois não consegue desenvolver uma critica maior para um período tão maravilhoso na ciência espacial para o governo e povo americana, mas triste. Muito triste! Nas relações sociais. Onde o negro era espezinhado de uma maneira violenta por gente que se beneficiava de sua cultura intelectual. Mas a incapacidade do novato diretor Theodore Melfi que só assisti um filme, NO CINEMA, até agora chamado Um Santo Vizinho (2014), uma obra que é de longe, bem melhor que este indefectível Estrelas Além do Tempo. Mas se perguntarem se gostei alguma coisa deste filme responderei que sim. Pela belíssima atuação da atriz Taraji P. Henson, e que apesar de minhas varias idas AO CINEMA, não lembro, não. De sua linda reconstituição de época. Adoro e sou apaixonado pelos anos 1960 onde vive a melhor fase dos humanos que é sua adolescência. Mas afora isso os anos 1960 é a década da aldeia global. Onde definitivamente o mundo ficou pequeno devido as descobertas em comunicações. Enfim! É filme que definitivamente se esgota em sua metragem de duas horas. Ficando, portanto, só uma saudade, para mim, de uma época que não volta mais. E é só!

10/02/2017 - Lucas Fera (20 anos)

  Bom
Denunciar
Hiden Figures é uma história emocionante sobre mulheres negras que trabalham colaborando para uma agência de exploração espacial, a NASA. No filme, vemos como funcionava a segregação racial nos anos 60 e a socialização era separada pela cor. O diretor do longa, Theodore Melfi consegue dar destaque na aversão das raças, visando focar nos funcionários que trabalham com os negros e como as instalações públicas eram separados dos brancos, como bebedouros, banheiros e até mesmo o café. Ao longo do filme vemos que isso tem um basta, visto que as mulheres começam a mostrar que são tão competentes quanto os demais e que a cor da pele não influência em nada. Há uma cena em que, depois de receber um desabafo de Katherine (Taraji P. Henson) sobre as dificuldades do dia-a-dia de ser separada dos brancos e porque leva tanto tempo para ir ao banheiro, a personagem de Kevin Costner, Al Harrison, destrói a placa do banheiro segregado dos brancos. Ótima cena. Portanto, nenhuma mulher é superior ou inferior à outra só por causa da cor da pele. É só questão de mostrar quem realmente nós podemos ser e qual bem fazer ao mundo, seja uma pequena ou grande ação. Uma pena o Sérgio Sarmento não ter gostado tanto quanto eu gostei, mas garanto que ele sabe do que está falando. Afinal, é o mais crítico do Interfilmes. Um grande abraço, Sérgio.

12/02/2017 - Alessandro (33 anos)

  Regular
Denunciar
Filme mediano, faltou algo nele. Tinha tudo para ser excelente, mas não foi infelizmente.

18/02/2017 - Kassio Freitas (19 anos)

  Ótimo
Denunciar
Que filmaço! Uma história emocionante, de grandes conquistas, certamente este filme é da íncrivel Taraji, que atriz excepcional, grandiosa em cena em qualquer papel. Os coadjuvantes tem seus momentos, as companheiras dela são boas também, mas só ! Ambientação bem feita.

20/02/2017 - Nilson Jr. (52 anos)

  Ótimo
Denunciar
Sem deixar a crítica de lado, mostra as consequências da vergonhosa segregação racial nos EUA, com um relativo humor para tentar “suavizar” o desconforto e ojeriza do público-médio atual, as emoções são mantidas a um nível controlado para não deixar ninguém desconfortável.O roteiro sabe contar uma história e consegue um ritmo envolvente, cativante e simpático ao público. O elenco todo muito bem, incluindo Kevin Costner, mas a telona é das incríveis Katherine Johnson (Taraji P. Henson), Dorothy Vaughn (Octavia Spencer) e Mary Jackson (Janelle Monae), representando as brilhantes mulheres afro-americanas que trabalharam na NASA e foram os cérebros por trás de uma das maiores operações da História: o lançamento em órbita do astronauta John Glenn.

23/02/2017 - Eduardo Ben Lima (20 anos)

  Ótimo
Denunciar
Caramba, que filme ótimo! Sério, muito bom mesmo! Atuações impecáveis e um roteiro forte, que consegue te fisgar desde a primeira cena; você praticamente não pisca! São quase. 2 horas que pareceram uma. Sem dúvida entrou pra minha lista dos melhores do ano! Nota 10! Mostrar Spoiler "Aqui na NASA, todos fazemos xixi da mesma cor. " (Melhor cena).

25/02/2017 - Aline (38 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente! Vale muito a pena... ótima mensagem: somos todos iguais.

25/02/2017 - Papik (33 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme! Atuações impecáveis, ótima direção, um filme que prende a atenção. O que dá raiva mesmo é o racismo (sempre odioso) e que era ainda muito forte no início da década de 60, somado a preconceito relacionado a capacidade das mulheres de atuarem em determinadas áreas. Adorei ter assistido!

20/03/2017 - Carla (41 anos)

  Bom
Denunciar
Diante dos indicados ao Oscar, que estão bem fracos, gostei desse filme. Uma história que faz sentido e tem começo meio e fim. Recomendo.

21/03/2017 - Alberto (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Único filme do Oscar 2017 que valeu a pena assistir - ih, peraí, falta eu assistir LION, para completar a lista. Mas esse eu adorei. As meninas matemáticas negras estão maravilhosas.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.