Share on Google+

A Nação que Não Esperou por Deus


Sinopse Quinze anos depois de realizar “Brava Gente Brasileira”, Lucia Murat volta ao Mato Grosso do Sul para registrar o impacto provocado na reserva kadiwéu pela chegada da eletricidade e com ela a televisão. Mas ao chegar encontra a comunidade na luta pela retomada de suas terras, invadidas por pecuaristas, Os desafios dessa nova identidade indígena, dividida entre a reserva e a cidade, para onde se deslocaram parte dos kadiwéus, surge em toda a sua complexidade, influenciada ainda pela instalação de cinco igrejas evangélicas na reserva.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Nação que Não Esperou por Deus
Título Original A Nação que Não Esperou por Deus
Ano Lançamento
Gênero Documentário
País de Origem Brasil / Portugal
Duração89 minutos
Direção /
Estreia no Brasil 16/07/2015
Estúdio/Distrib. Vitrine Filmes
Idade Indicativa Livre

Trailer



Comentários


18/07/2015 - Sérgio Sarmento (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando do lançamento em nível nacional. Olha! Gostei muito deste novo documentário desta notável mulher, diretora, roteirista, mas principalmente uma pessoa que conhece sua profissão que e das lides cinematográficas. Ela realmente conhece sua essa matéria sempre atual que é CINEMA. Mulher torturada pelo regime civil/militar que se instalou nos porões da ditadura de 1964/1985. Assisti inúmeros documentários seu. Inclusive onde nos oferece belas espécies (filmes) dos que falam desta ditadura que vivi in loco, isto é, em seus piores momentos. Mas neste filme atual ela volta para nos falar dos índios kadiwéu. Uma comunidade que ela tinha nos apresentado no apagar do século vinte com o documentário Brava Gente Brasileira (2000). Assisti NO CINEMA essa obra! E lá ela nos apresentava as dificuldades da afirmação desta nação indígena. Mas hoje ela ao Mato Grosso e encontra velhos problemas para índios. Como invasões de suas terras. Principalmente por pecuaristas. A dificuldades dos indígenas em encontrar algum trabalho ou uma escola, na reserva, que poderá ser mais de que um simples aprendizado de português. Por isso os que querem ter melhor formação intelectual tem que ir para as cidades próximas. Onde temos um visível mal estar dos índios, pois vão enfrentar o branco e esse com certos cuidados e preconceitos bem sem razão alguma. E para piorar essa situação temos várias igrejas evangélicas que dividem muitos este povo indígena. No mais é um filme bem didático e que nos apresenta de uma maneira bem clara toda problemática indígena em um pais que ao que me parece ainda está por ser descoberto pelo seu povo. Mas principalmente por nossas autoridades de Brasília. Isso este documentário que assisti nesta tarde deixa bem claro. Mas lamento tão somente que é outro filme de um comentário só. Falo que só terá o meu, é claro!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Nação que Não Esperou por Deus (A Nação que Não Esperou por Deus)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.