Share on Google+

Mapas Para as Estrelas

  (Maps to the Stars)
Sinopse Uma história sobre uma família de Hollywood à beira da implosão, misturando sátira social e uma história de fantasmas bastante humana na nossa cultura de culto às personalidades. Conheça a família Weiss, que vive na ensolarada Califórnia em meio a dinheiro, sonhos, fama, inveja, ódio, desejo – e assombrações.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Mapas Para as Estrelas
Título Original Maps to the Stars
Ano Lançamento
Gênero Comédia / Drama
País de Origem Canadá / França / Alemanha / EUA
Duração111 minutos
Direção
Estreia no Brasil 19/03/2015
Estúdio/Distrib. Paris Filmes
Idade Indicativa 16 anos

Elenco


... Havana Segrand
... Agatha Weiss
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Na Na Hey Hey Kiss Him Goodbye”Escrita por Gary DeCarlo,Paul Leka e Dale Frashuer
Interpretada por Julianne Moore e Mia Wasikowska
“Hell Blazer”Escrita por Supafly e Omar G

Trailer



Comentários


21/02/2015 - André Brighi (29 anos)

  Ótimo
Denunciar
Antes demais nada, é preciso salientar que "Mapas Para as Estrelas" é um filme diferente do convencional, pra não dizer alternativo. Característica atual do diretor canadense David Cronenberg, que recentemente dirigiu o também polêmico "Cosmópolis" (2012), que mais desagradou do que surpreendeu. O filme conta com excelente elenco, entre eles atores consagrados como John Cusack e Robert Pattinson, a jovem e talentosa Mia Wasikowska e é claro, Julianne Moore, certamente a favorita ao Oscar 2015 por sua atuação em "Para Sempre Alice". Trata-se de uma forte autocrítica hollywoodiana, mostrando o quão superficial pode ser a vida de uma celebridade. Drogas (ilícitas e lícitas), problemas familiares, frustrações, falsidade, egocentrismo, fragilidade emocional, violência... Enfim, tudo que envolve a degradação do ser humano. E "Mapas Para as Estrelas" nos apresenta esse "mundo" de maneira intensa e sufocante, mas em um ritmo lento e com muitos diálogos, o que certamente incomodará àqueles não habituados a esse tipo de produção. Obra para reflexão e não para entretenimento. Recomendo, certamente!

19/03/2015 - Sérgio Sarmento (60 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando tivemos seu lançamento em solo nacional. Olha! Filme realmente que nos dá o que pensar. Cronenberg é um veterano diretor canadense que primeiro colocou e divulgou O CINEMA de seu pais no Brasil e de resto no mundo. Egresso da televisão. Seu primeiro filme que correu o mundo, e foi onde conheci seu primeiro trabalho no longínquo ano de 1982 e NO CINEMA, é um filme curioso, bizarro e tudo de incomum como é o total de sua obra. Seu nome: Scarnners, Sua Mente Pode Destruir (1981). Seu último filme visto por aqui foi o estranho (nada de novidade!) mas mesmo assim muito importante que é Cosmópolis (2012). Mas não é que seu primeiro filme feito nos EUA é esse Mapas Para As Estrelas. Um filme pessimista, corrosivo, implacável, destruidor e que coloca em evidência a pequenez e a sordidez dos atores de Hollywood. O cinema já nos proporcionou um verdadeiro clássico e que atava o mundo da meca do cinema chamado Crepúsculo dos Deuses de 1950. Obra saída de um dos maiores gênios do cinema de todos os tempos. Falo do alemão naturalizado americano Billy Wilder. Mas nesse filme do Cronenberg não fica nada de pedra sobre pedra, pois ninguém. Mas ninguém é bom mesmo. Aliás se existe algum personagem bom esses já estão mortos. E dos mortos reza ética que não devemos falar coisas ruins. Bem! É filme de difícil leitura. O diretor usa e abusa do diálogo. Da conversa politicamente incorreta. Mas sobretudo de um cinema de pura reflexão e que condena aquele mundo de mentira hollydiano. Portanto é filme para poucos. Muito pouco espectadores. Mas para esses poucos. O diretor Cronenberg sinaliza com um baita espetáculo cinematográfico. E constatamos que esse veterano e baita diretor tem uma direção muito afiada e que desliza seu humor venenoso para todos os lados. E eu que adoro há mais de 30 anos sua obra. Só tenho e faço fé que tenha no mínimo mais 30 anos de profissão. É tudo que um cara como eu deseja! Vida longa " meu filho "!

21/04/2015 - Júlio César Paranhos (40 anos)

  Ótimo
Denunciar
As obsessões de Hollywood num roteiro mórbido e cru. O submundo e a decadência psicológica que formam a rede de intrigas e o vale-tudo para alcançar a fama a qualquer preço. Diálogos escatológicos. A loucura lancinante. O processo das drogas e a incapacidade de se lidar com o poder da imagem e da fantasia. Atuações impecáveis de um conjunto de atores escolhido a dedo, a começar por Julianne Moore, Mia Wasikowska, Robert Pattinson e o brilhante teen Evan Bird. Exageros à parte, um filme imperdível para quem quer se surpreender!

28/04/2015 - Henrique (57 anos)

  Bom
Denunciar
Adoro cinema, mesmo não sendo um expert, por isso gosto muito de ler opiniões de pessoas que domina essa arte, e nesse filme, meu elogio vai para Andre Brighi, um comentário perfeito, de início expõe o estilo do filme, um pouco sobre o Diretor e atores, a história em si e por fim alerta para não sermos surpreendido ao assisti-lo, interessante que tudo resumidamente perfeito
Bem, sobre o filme, gostei, que bando de gente estranha rsrsr, mas a Direção do filme é que chama a atenção e o que nos faz ficar preso a história até o final, um tanto surpreendente.

07/06/2015 - Paulo Peres (32 anos)

  Regular
Denunciar
Versão "no sense" do cotidiano de Hollywood.

03/07/2015 - Ana (37 anos)

  Ruim
Denunciar
Pior filme que já vi. Não te surpreende nem um pouco...

27/07/2015 - Angélica (34 anos)

  Ruim
Denunciar
Que filme chaaato. Não gostei. Penso que para mostrar como é a vida dos atores de Hollywood, esse mundo que para nós é tão glamuroso, não preciso enrolar tanto. Muito louco. Pessoas doidas, que matam outras como se tudo fosse normal. Palavrões demais. Afff. Não indico mesmo. Perda de tempo.

28/11/2015 - Paulo Nobre (58 anos)

  Bom
Denunciar
Os filmes de David Cronenberg, são assim mesmo, por isso encontramos diversas opiniões, o que é saudável. Em relação a ele é meio que "AME-O OU DEIXE-O". Estou na primeira hipótese. Vi muitos filmes dele e gostei de praticamente todos. Embora já saibamos, que a vida glamourosa de Hollywood tem por trás seres humanos e portanto passíveis de todos os tipos de problemas, achei que ficou bem retratada em mais essa história. O elenco é magnífico e as sempre ótimas Julianne Moore e Mia Wasikowska, marcam presença.

17/01/2016 - Adriana (33 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme muito diferente, segue a linha do cinema alternativo. Excelente obra e elenco, destacando Evan Bird, Julianne Moore, Mia Wasikowska e Robert Pattinson.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Mapas Para as Estrelas (Maps to the Stars)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.