Share on Google+

Filho de Saul

  (Saul fia)
Sinopse No horror de 1944, Auschwitz, um prisioneiro forçado a queimar os cadáveres de seu próprio povo encontra alívio moral ao tentar salvar das chamas o corpo de um menino.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Filho de Saul
Título Original Saul fia
Ano Lançamento
Gênero Drama / Épico / Suspense
País de Origem Hungria
Duração107 minutos
Direção
Estreia no Brasil 04/02/2016
Estúdio/Distrib. Sony Pictures
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Saul Ausländer
... Abraham Warszawski
>> Ver todo o Elenco...

Trailer



Comentários


05/02/2016 - Sérgio Sarmento (62 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando do lançamento nacional. Em primeiro lugar tenho que falar da raridade de assistir um filme húngaro. Faz com certeza "uns quinhentos anos" que não assisto um filme vindo daquele lugar. Com certeza desde o século passado. Mas uma obra como essa só vem para o mercado brasileiro porque esteve muito bem em Cannes 2015. E, ainda, recebeu o Globo de Ouro 2016 de filme estrangeiro. E depois é provavelmente o ganhador do Oscar 2016 nesta modalidade. E explicado "todas estas coincidências" vamos aos fatos da "leitura" do filme. Olha! O filme procura mostrar mais uma vez os horrores do holocausto da segunda guerra e ao que parece no ano de 1944 em um campo de concentração não especificado. A sinopse acima, apesar de uma palidez inimaginável, consegue dar uma ideia do filme. Mas o importante é dizer: Realmente o filme é a cara dos festivais de cinemas em todo o mundo. Pela maneira de ser filmado. Pelo maneira que o novato diretor László Nemes utiliza sua câmara de filmar. Sempre filmando com a lente bem fechada. E de preferência na cara ou perto do ator. Não filmando direto as atrocidades cometida pelos nazistas naquele campo. Ficando isso só no barulho e em nossa imaginação. O filme é nos apresentado no formato de tela reduzida. Uma coisa bem diferente mesmo. Fiquei surpreso com tudo isso. Pois apesar de assistir muitos filmes. Nunca tinha assistido um conjunto de técnicas cinematográficas como tem essa obra. E depois tudo isso nos dá um formato de tristeza. De claustrofobia mesmo em tudo aquilo. Pois a própria guerra e uma coisa lamentável. Mas o argumento do filme. Com aquele cara levando o corpo de uma criança para lá e para cá. Nos mostra realmente nossa condição de mortais e que, acima de tudo, a morte poderá, em certas circunstâncias, ser de uma banalidade nunca vista nos ditos "seres humanos" que nos auto denominamos. Cruzes! Por fim diria que é mais um filme, dos vários que O CINEMA nos apresenta anualmente, que nos fala da Segunda Grande Guerra (1939/1945). Mas dentro disso tudo temos a maneira como é nos apresentado o argumento. É muito dolorido mesmo! Desta maneira vemos uma obra excludente (abomino sempre escrever que é para poucos. Mesmo porque não sabemos que tamanho tem esse "para poucos. "). Mas vencendo essa "barreira intelectual" posso afiançar é um filme fascinante. Mas principalmente pela técnica inédita que é nos apresenta.

09/02/2016 - Welinton (36 anos)

  Regular
Denunciar
O filme é bem cansativo observei varias pessoas dormindo, não entendi porque esta indicado para o oscar como melhor filme estrangeiro. Não transmite nenhuma emoção, nada. Eu não gostei!

15/02/2016 - Elisabeth (59 anos)

  Ótimo
Denunciar
Já li muitos livros e vi muitos filmes sobre o Holocausto. Confesso que tinha um pouco de apreensão e resistência em ver O Filho de Saul. Encalacrada no trânsito de uma cidade alagada, parei e fui vê-lo. O filme é genial, para um publico especifico, digamos assim, claustrofóbico, nu e cru na forma narrativa, sugestivo e cáustico. Técnica criativa, a câmera cola no protagonista que, salvo por alguns momentos, não esboça sentimentos, o que faz sentido devido ao horror que o cerca. Merece todos os prêmios, pois não nos faz derramar uma lágrima ou experimentar nenhuma emoção diante do mais terrível evento do século XX. Para refletir e aplaudir.

21/02/2016 - Moises Silva (45 anos)

  Ótimo
Denunciar
Curto bastante os comentários do caro cinéfilo Sérgio Sarmento e nesse se saiu muito bem! E com relação á esse drama histórico vemos o horror de Auschwitz em volta de Saul pelo seu ponto de vista, mas vemos pouco. Vemos mais o sofrimento do cara. O filme inteiro é composto por curtos e nervosos sussurros alternados com gritos desesperados dos presos ou agressivos dos alemães. É um filme difícil de assistir, pesado até, mas é uma Obra-Prima!

24/04/2016 - Edilson (50 anos)

  Péssimo
Denunciar
Olha, confesso que não entendi os ótimos atribuídos à este filme, sou fã de carteirinha dos comentários do Sarnento, poucas vezes não concordei com sua opinião, mas este filme é sem dúvida o pior que vi este ano, não podemos deixar que o horror ao holocausto seja uma referência para a nota aqui dada, o filme é uma berração técnica, péssima fotografia, sem roteiro, falas desconectadas, um final que te deixa extremamente confuso e decepcionado. Não perca o seu tempo com ele, quer um filme sobre o tema assista "O Menino do Pijama Listrado (2008) ", Cinzas de Guerra (2001) ou o aclamadíssimo "A Lista de Schindler (1993) ".

08/05/2016 - Henrique (58 anos)

  Bom
Denunciar
A história é um tanto vaga, mas o atrativo do filme, são as imagens sufocantes e claustrofóbicas com os sons, das atrocidades ocorridas nos campos de concentração (tudo muito real).

16/05/2016 - Julio Simi Neto (59 anos)

  Bom
Denunciar
Para aqueles que não concordaram com os argumentos positivos dos internautas que classificaram essa fita sob nota alta, é porque ou não entenderam nada, ou assistiram a outro filme. A obra "O Filho de Saul" para mim levou com justiça o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro pelo fato de saber levar ao telespectador de forma angustiante um drama já batido. Os atores mostraram em suas feições amargura de jogar corpos de seus compatriotas mortos ao crematório, além de lavar o local. O início da fita quando judeus nus entram num lugar para "tomar banho" e antes ouvem dos alemães que após se limparem, eles vão tomar sopa quente, mas ao fechar a porta o horror se instala, é arrasador. E ai você pensa que tudo isso foi verdade e resume então que o ser humano não vale nada. Enfim, ótima produção do desconhecido cinema húngaro, povo esse que sabe muito bem o que foi o Holocausto.

16/05/2016 - Ana Maria (47 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme trágico, com a câmara sempre em movimento e na base do closed, nos leva aos porões dos famosos campos de concentração nazista durante a II Guerra. Um grupo de judeus para não morrer, trabalham para os alemães de forma incansável na condução dos compatriotas às câmaras de gás e depois na limpeza do local. A loucura do Holocausto esta exposta no rosto de cada judeu, um filme tenso e merecedor do Oscar.

18/05/2016 - Nicéia (63 anos)

  Ruim
Denunciar
Confesso que esperava muito mais desse filme, decepção total.

23/05/2016 - Alessandro (32 anos)

  Ruim
Denunciar
Esperava muito mais desse filme... Achei confuso, modo de filmagem péssima, filme sem emoção alguma, cansativo... Enfim cochilei várias vezes e um final digno pra fechar com chave de ouro... Um filme esquecível.

11/09/2016 - Thalys (24 anos)

  Bom
Denunciar
Eu gostei do filme, o modo como foi feito as filmagens foi ótimo. Mas de história ele é bem fraquinho, muitas dúvidas, não tem muitos detalhes sobre o personagem, várias pessoas aparecem no filme, que são importantes, mas nada a respeito delas é mostrado. O final é triste, mas o filme é todo triste.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Filho de Saul (Saul fia)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.