Share on Google+

Sangue do Meu Sangue

  (Sangue del mio sangue)
Sinopse No século XVII, Federico Mai chega a um monastério com uma missão: seu irmão cometeu suicídio e não pode ser enterrado em terreno sagrado, a não ser que sua amante, a irmã Benedetta, confesse seus pecados, salvando assim a alma do morto. Benedetta é submetida a provações e questionada pela hierarquia apostólica - enquanto Federico assiste. Nos dias de hoje, um homem russo deseja comprar o monastério onde Benedetta foi torturada. Ele encontra habitando o local um velho conde e uma mulher cujo marido desapareceu.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Sangue do Meu Sangue
Título Original Sangue del mio sangue
Ano Lançamento
Gênero Drama / Épico
País de Origem Itália / França / Suíça
Duração106 minutos
Direção
Estreia no Brasil 01/12/2016
Estúdio/Distrib. Fênix Filmes
Idade Indicativa 12 anos

Trailer



Comentários


11/11/2016 - Henrique (59 anos)

  Não vi
Denunciar
Na ultima hora desisti de assistir, será que é legal?, o thriller me pareceu cansativo.

03/12/2016 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando de seu lançamento efetivado nacionalmente em 01.12 passado. É mais um filme que vejo e que necessariamente "ninguém assiste" NO CINEMA. Aliás só confirmando o que escrevo o colega habitue do IF, acima, "que já iria" assistir em sua casa. Mas não viu, pois "levou medo". Aliás e respondendo o teu "será que é legal"? Cara! Não assiste, pois não é "tua praia"! Mas as vezes nos enganamos. É o tipo da coisa! O filme Ninguém Deseja a Noite com a veterana atriz francesa (em um de seus piores filmes) Juliette Binoche e da veterana diretora espanhola Isabel Coixet (uma baita diretora). Não gostei! Mas você adorou. Acontece! Mas retorno ao comentário do filme propriamente dito. Olha! Grande e magnífico filme! O diretor italiano MARCO BELLOCCHIO já tem quase 80 anos (ele é de 1939). E acompanho seus filme, NO CINEMA, é claro, desde os anos 1960. Portanto ele é uma lenda viva para mim. Este diretor sempre foi direto é didático. Seus filmes quase sempre se expressam em família, fé ou política. Podendo variar dentro destas premissas. É filme que comprova, mais uma vez, a vitalidade, a fortaleza e o grande sujeito que é o diretor. Mas seus filmes não são para todos. Pois são obras filosóficas e de grande conteúdo cultural. O cara tem que gostar de pensar, mesmo. Ou se não quer ou não sabe pensar tem que ter uma certa sensibilidade para "viajar" com seus símbolos e suas ideias. Desta feita conduz o espectador para o século 17 e retorna para o atual ou vice-versa. Nos anos antigos nos faz viajar em um mosteiro quando a Igreja tinha poderes de vida e morte para os indivíduos. Ali é coloca temas caros para o diretor Bellocchio. Como a fé, a conduta religiosa, mas sobretudo uma de suas características mais antiga que é o do combate da igreja ao demônio. Já na atualidade nos joga para o mesmo monastério que tivemos os acontecimentos demoníacos do século 17. Onde vive, atualmente, um conte para lá de misterioso. O filme uma fotografia que chama a atenção. Uma para os tempos antigas e outra para os dia de hoje. Com músicas sensacionais onde destaco uma do Metallica que é Nothing Else matters que até agora parece que estou ouvindo aquele som espetacular. Com atores legais onde destaco Giorgio Bellocchio (o filho do homem). Mas quem realmente tem uma posição de destaque. Com uma posição soberba, mesmo. Onde é bonita, sexy, mas notadamente se sobressai pela sua imposição física que é a italiana Lidiya Liberman. Sensacional esta atriz. E quem se dar o prazer de assistir o filme vai ver, quase ao final no perdão do Cardeal, uma cena monumental com ela. Aquela cena acertei "na mosca" seu estado físico depois de anos naquela masmorra. Repito. Quem ver o filme podem se lembrar deste "coleguinha" apaixonado por CINEMA, de vocês, aqui. A cena foi "cantada" antes por mim, bem antes! Por último gostaria de firmar, mais um vez, a beleza de filme que é Sangue do Meu Sangue e que "em linhas gerais" faz uma critica arrasadora para a igreja católica e a política atual italiana. É obra difícil para os iniciantes. Mas de uma notável sabedoria para quem ama e por conseguinte "viaja" com tudo aquilo que a tela grande nos oferece como oferenda cultural. Mas uma vez meu aforisma tem que necessariamente ser brandado: E TENHO DITO!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Sangue do Meu Sangue (Sangue del mio sangue)

Copyright © 2016 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.