Share on Google+

Trumbo - Lista Negra

  (Trumbo)
Sinopse O roteirista Dalton Trumbo tem uma história singular em Hollywood: apesar de ter escrito algumas das histórias de maior sucesso da época, como "A Princesa e o Plebeu", ele se recusou a cooperar com o Comitê de Atividades Antiamericanas do congresso e acabou preso e proibido de trabalhar. Mesmo quando saiu da prisão, Trumbo demorou anos para vencer o boicote do governo, sofrendo com uma série de problemas envolvendo familiares e amigos próximos. Indicado ao Oscar de Melhor Ator para Bryan Cranston.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Trumbo - Lista Negra
Título Original Trumbo
Ano Lançamento
Gênero Drama
País de Origem EUA
Duração124 minutos
Direção
Estreia no Brasil 28/01/2016
Estúdio/Distrib. California Filmes

Elenco


... Dalton Trumbo
... Edward G. Robinson
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Drunken Father”from the motion picture A Summer Place (1959)
Composta por Max Steiner
“Harlot Mother”from the motion picture A Summer Place (1959)
Composta por Max Steiner
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários


24/01/2016 - Nino (50 anos)

  Ótimo
Denunciar
Para quem gosta de história de cinema, vai reviver os tempos das produtoras de cinema, num outro lado do filme, conta como os americanos e seus governantes tratavam os povos comunistas, um belíssimo filme com um roteiro agradável do começo ao fim.

02/02/2016 - Paulo Brek (51 anos)

  Ótimo
Denunciar
Maravilhoso, muito bom.

03/02/2016 - Sérgio Sarmento (62 anos)

  Ótimo
Denunciar
Assisti nesta tarde NO CINEMA quando do lançamento nacional. Olha! Que filme lindíssimo! Uma obra realmente apaixonante. E nós que acompanhamos CINEMA em muitos anos. Ficamos surpreso da indústria cinematográfica norte americana, representada por um nome conhecido de todos que é Hollywood, até agora, não ter feito uma homenagem tão especial para um dos homens que dignificou tudo aquilo que conhecemos como CINEMA americano. Falo do grande Dalton Trumbo. Seguramente o roteirista mais famoso deles. Pessoa que foi perseguida pelas suas posições políticas. Como se ser comunista nos anos 1940/1950 era crime. O grande problema é que o autor viveu em plena era do macartismo. O nome é uma corruptela retirada do senador Joseph Mcarthy que viveu nesta época e que ele mesmo procurou ser mais duro do que nunca. Pois ele realizou uma verdadeira "caça às bruxas" no meio artístico da grande nação americana entre todos, que por ventura "pensasse" em fazer reunião, com alguém que tivesse propósitos "comuna". Tempos difíceis aqueles! Que o diga o sensacional Trumbo. É obra que se presta, também, para fazer o "me culpa", isto é, fazer uma revisão e discutir uma das coisas mais "feias" da história do "grande" pais do norte. Nação que se auto elogia em ser a mais democrática do mundo. Mas eles também tem suas chagas (doenças) sociais como qualquer outra nação da Terra. Mas é ao mesmo tempo, acredito, um filme que de uma maneira ou outra procura se firmar como nação democrática. Pois é como se dizer "para os outros" (fora dos EUA) : Aqui mesmo, e com nosso erros, procuramos "lamber nossas feridas" e mostramos em um baita filme como é esse TRUMBO. O filme é magnífico e cativante, além do que já escrevi, por diversos motivos. Pela sua notável reconstituição de época. Por um roteiro convencional. Mas bem didático. Por um casting grandioso e fabuloso. Onde tem um cara que com quase 60 anos faz seu melhor papel NO CINEMA. Falo de Bryan Cranston. Que realiza um protagonista Dalton Trumbo muito especial e bem convincente. Que concorre ao Oscar de melhor ator na noite de 28.02.2016. Não assisti dois atores que concorrem com ele. Que é o Leo DiCaprio e aquela "mala" fascinante do britânico Edie Redmayne. Mas acredito que esse cara não vai ganhar. Pois em 2015 ele já faturou. E os caras, por mais maluco em Hollywood que são, não vão dar novamente e na sequência o prêmio maior para ele. Então DiCaprio tem como grande oponente esse californiano Brian Cranston e não será surpresa alguma se esse ator ganhar o Oscar de melhor ator. Temos Helen Mirren que faz o papel de uma colunista social altamente má (grande papel faz essa londrina). Aliás o diretor Jay Roach (vindo, por incrível que possa parecer, da comédia, gente) consegue um equilíbrio entre seus atores que chegam a ser surpreendente mesmo. Legal mesmo! No mais é torcer para que alguém assista esse filme. E se delicie com mais uma obra absolutamente perfeita e que, com isso, conheça mais afundo a ignorância, a intolerância e o radicalismo de um Estado, de um povo altamente sugestionável para com pessoas que só querem terem liberdade de pensar.

08/03/2016 - Nilson Jr. (52 anos)

  Ótimo
Denunciar
Um retrato ardiloso e não muito honroso da indústria cinematográfica hollywoodiana, além de ferir a principal propaganda do país que se acha o centro do universo: A democracia. Um filme espetacular, tanto histórico como entretenimento, dissecando as feridas de alguém leal as usas ideologias. Show do ator Bryan Cranston e do elenco.

06/06/2016 - Julio Simi Neto (59 anos)

  Bom
Denunciar
Atuação do já veterano ator Bryan Cranston é perfeita. Figurino e cenários de época acima de qualquer suspeita. Baseado em fatos reais, vejo que um pessoal de Holywood sofreu nas mãos daqueles que o achavam que eram comunistas, isso no final dos 40 e década de 50. O grande roteirista Dalton Trumbo que o diga. Belo filme.

18/11/2016 - Francisco Junior (39 anos)

  Ótimo
Denunciar
Bryan Cranston é um dos melhores atores da atualidade! PERFECT!

28/11/2016 - Bessa38 (78 anos)

  Ótimo
Denunciar
Concordo com tudo que já foi acima comentado e acrescento, este é um filme para quem ama o cinema, e tem interesses em se atualizar sempre. JOHN WAYNE, EDWARD G. ROBINSON e HEDA HOOPER, que pessoas mais fracas, torpes mesmo. KIRK DOUGLAS e OTTO PREMINGER, por outro lado, botaram a cara para bater, na sustentação do extraordinário roteirista que foi DALTON TRUMBO. O melhor filme, que assisti este ano, disparado. BRYAN CRANSTON, um monstro na interpretação, no bom sentido e também HELLEN MIRREN, que chega a irritar no papel da malvada e oportunista, HEDA HOOPER. Não é atoa que era odiada na comunidade cinematográfica. FILME IMPERDÍVEL, para quem gosta e ama, a NOBRE ARTE.

07/11/2017 - Scoobysnnax (40 anos)

  Ótimo
Denunciar
Como dar menos que ótimo? Impossíveeel! E antes que eu esqueça, que delícia ver a Helen Mirren sendo tão bruxa e venenosa! O filme não é dela, mas que ela se destacou, fez isso sim e muito bem. Sobre o filme... Eu tive uma sensação de que seria algo arrastado quando começou. Demorou um pouquinho pra pegar fogo no circo, mas depois de uma meia hora, socorrooo. Não tem mais jeito, te envolve e empolga e vem tudo que é coisa boa! É encantador viajar no tempo e ver nomes como Kirk Douglas, Stanley Kubrick e afins tendo passagens de suas vidas ali reconstituídas no enredo. Show!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Trumbo - Lista Negra (Trumbo)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.