Share on Google+

Kong - A Ilha da Caveira

  (Kong: Skull Island)
Sinopse Esta aventura fascinante e original do diretor Jordan Vogt-Roberts (“Os Reis do Verão”) conta a história de uma diversa equipe de cientistas, soldados e aventureiros que se unem para explorar uma ilha mítica e intocada no oceano Pacífico, tão bela quanto perigosa. Longe de tudo e todos que podem os ajudar, a equipe se aventura no território do poderoso Kong, dando início à maior das lutas entre o homem e a natureza. Quando sua missão de descoberta se transforma em uma missão de sobrevivência, a equipe deve lutar para escapar de um paraíso primitivo ao qual a humanidade não pertence.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Kong - A Ilha da Caveira
Título Original Kong: Skull Island
Ano Lançamento
Gênero Ação / Aventura
País de Origem EUA
Duração120 minutos
Direção
Estreia no Brasil 09/03/2017
Estúdio/Distrib. Warner Bros. Pictures
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... James Conrad
... Preston Packard
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Time Has Come Today ”Escrita por Joseph Chambers e Willie Chambers
Interpretada por The Chambers Brothers
“Mat Troi Den ”Escrita por Nguyen Trung Cang
Interpretada por Minh Xuân
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

08/03/2017 - Anderson (33 anos)

  Não vi
Denunciar
E vou ver Kong amanha sim, já que assisti ontem o excepcional filme Logan, espero que esse seja muito bom também, gosto de filmes assim, entretenimento.

09/03/2017 - André (38 anos)

  Não vi
Denunciar
Tomara que seja um remake fiel do clássico King Kong 1976
Que considero o melhor de todos.

09/03/2017 - Sidney (24 anos)

  Bom
Denunciar
Tecnicamente Kong é muito bem realizado, com bons planos de fundo e ângulos muito bem colocados. A geografia do filme é ótimo, cada plano muito bem visível. No quesito roteiro, história e atuações não da para ser exigente, por que a ideia é ser um cinemão pipoca despretensioso. Enfim, Kong é divertido, porém esquecível, mas muito bem feito. Há, a cena pós crédito é bem promissora.

10/03/2017 - Rene (45 anos)

  Bom
Denunciar
Olha se você procura divertidamente e assistir um típico filme pipoca, então você está no filme certo. O filme tem uma pegada para uma produção B, mas isso não interfere na qualidade do mesmo. Os efeitos especiais são espetaculares e o diretor Jordan Vogt-Roberts faz referência há alguns clássicos como Apocalipse Now por exemplo. Talvez a grande falha do filme é a pouca exploração dos personagens e quem realmente merece destaque é atuação de John Reilly. Enfim não espere nenhuma obra prima, mas sim um divertimento despretensioso, com uma aventura gostosa, é claro que filme como esse daqui dez anos será pouco lembrado, mas o que vale aqui é o imediatismo banhado ao bom e velho rock and roll.

10/03/2017 - Luan (20 anos)

  Bom
Denunciar
É bom, as cenas de ação são ótimas. Só faltou personagens mais carismáticos (não me importei com quase nenhum deles) e um pouco mais de suspense. É um filme esquecível, mas diverte. Vale a pena ver pra passar o tempo. Ah, fiquem até depois dos créditos finais!

10/03/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

  Bom
Denunciar
A história do gorila gigante que é levado à cidade grande já foi adaptada duas vezes para a telona, além da versão original de 1933. Vale a pena conferir esse original, (você encontra na internet) se nunca viu. A mais recente delas foi em 2005 e poderíamos achar que essa seria mais uma história repetitiva, mas não foi. Dessa vez estamos nos EUA dos anos 70, rolando a guerra do Vietnã e quase as vésperas do presidente Richard Nixon renunciar, por conta do caso Watergate. Esse é o contexto. As imagens, quase todas externas são muito bonitas. Nesse tipo de filme é normal não haver nenhum grande destaque em termos de atuação, mas gostei da atuação de John C. Reilly. Outra coisa foi o cuidado com o design de produção (cenários, figurinos) e outros aspectos técnicos que possibilitaram que a figura de Kong fosse não só acreditável, mas também até assustadora, quando a situação pediu. Os efeitos especiais e as cenas de ação são impecáveis. Dessa vez ele ("o gorilão") NÃO se apaixona pela "mocinha", mas existe uma empatia de um pelo outro. Além disso, tivemos em menos de uma semana mais um filme (o outro foi Logan) com uma trilha sonora muito boa. Pudemos reviver, mesmo que rapidamente, clássicos dos anos 70 como (em ordem de minha predileção) : Long Cool Woman (The Hollies - 1972), Paranoid (Black Sabbath - 1970) e Ziggy Stardust (David Bowie- 1972) entre outras que não identifiquei. E para terminar, o que achei muito engraçado (ou triste) foi que mal "acabou" o filme todos do cinema começaram a se levantar para ir embora (não sei se a pressa era para ir comer ou se era por que estava tarde), quando viram que estavam sendo mostradas cenas do John C. Reilly, voltando para casa alguns se sentaram para ver, mas em seguida foram embora. Costumo, quase sempre e principalmente quando a trilha sonora me interessa, ficar até as luzes serem totalmente acesas, ou seja, quando o filme realmente termina. Nesse caso ficaram 4 pessoas na sala, eu, um casal e um segurança para pegar os óculos 3D. Isto é, vimos a cena final, que dessa vez estava realmente no final.O casal comentou comigo:"As pessoas pagam por um filme e não aproveitam ele até o final". De fato isso é verdade. Em fim, o filme é BOM E VALE A PENA.

11/03/2017 - Ademar Mateus (45 anos)

  Ótimo
Denunciar
De todos os filmes sobre o macaco gigante esse e insuperável ótimo filme nos prende do começo ao fim sem falar que esse filme não tem nada a ver com os outros filme do macaco gigante.

11/03/2017 - Carol (39 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme bem legal e muito bem feito. Só não recomendo pra cardíacos porque é cada susto que se leva... E também recomendo que se espere até depois dos créditos, porque tem uma cena pós crédito DO CARAMBA!

13/03/2017 - Marco (34 anos)

  Ótimo
Denunciar
Filme muito legal, ótimo divertimento, muito bem feito.

13/03/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando da semana de seu lançamento no país iniciada em 09.03 passado. Olha! É um filme blockbuster na sua essência. Um programa totalmente descompromissado. Muito própria para diversão. Se não estou enganado é o quarto filme feito com o gorila gigante. O primeiro de 1933 é o clássico em preto e branco. O segundo de 1976 lançou a bonita atriz Jessica Lange e que fazia o "namorado" do gigante digital. Em 2005 com a bonita Naomi Watts era a "namorada". Para finalmente ser nos apresentado este Kong (2017). Um filme que procurou se modernizar em termos de efeitos visuais e fugir um pouco na história do original de 1933. O roteiro para começo de história é muito banal, sofrível. Até com atores conhecidos, mas que não tem muito nome para exigir um cachê alto. Isso sem dúvida barateia o quesito. Para compensar, até, na parte digital. Que reputo espetacular e que pelo visto, em cena, foram realizados, penso, por uma das melhores empresa do ramo que é a LucasFilm Ltd. E que é um dos "braços" da gigante empresa de entretenimento The Walt Disney Company e foi adquirida em 2012 por: Pasmem! Quatro bilhões de dólares. Do diretor de cinema e homem de negócios George Lucas. O filme basicamente é os efeitos visuais. Mas é filme que inicia em 1944 e "voa" para 1973 já no ocaso da Guerra do Vietnã e onde o novato diretor Jordan Vogt-Roberts nos brinda com uma notável trilha sonora (isto também me ganhou pela simpatia) onde escutamos varias músicas. Para não cansar a beleza de vocês cito três. Em primeiro lugar Bad Moon Rising escrita por John Fogerty em 1969 e interpretada magistralmente por Creedence Clearwater Revival. Outra foi Brother de 1974 escrita e interpretada por Jorge Ben (anos após que se batizou como Jorge Ben Jor, que "bobagem", o grifo é meu). E finalmente Ziggy Stardust de 1972 escrita e interpretada pelo "camaleão", um grande músico e um razoável ator britânico, chamado David Bowie. Os atores, como já escrevi acima, são conhecidos, mas de maneira alguma são astros. Pois o astro maior é o gorila King Kong realizado pelos processos digitais de primeira. Mas, dos atores, destaco a bonita Brie Larson que no ano passado ganhou o Oscar de melhor atriz pelo filme O Quarto de Jack (2015). Enfim! É mais um refilmagem onde "a bengala" é os efeitos digitais. Ultimamente isso vem caracterizando as produções de remake de hollywoodiana tipo Ben Hur e Tarzan ambas do ano passado. Ah! E pela cena pós créditos finais temos quase certeza (tudo é possível em Hollywood) que teremos uma série de filmes povoado pelo gorila Kong. Quem viver verá! Eu espero! E TENHO DITO!

14/03/2017 - Raquel (33 anos)

  Bom
Denunciar
Fui assistir hoje e achei muito bom o filme. O filme tem cenários lindos e os efeitos são bem realistas, bem feitos, vale a pena assistir em 3d. O que eu não achei essas coisas foram os atores, como o colega citou acima, deviam ser mais cativantes, passar mais realismo, mais vivência no filme. Amei o KONG em toda a sua performance. Espero que tenha o segundo filme com a continuação. Assistam legendado é mais emocionante e em 3d. Vale muito.

15/03/2017 - Donaldo Coelho da Silva (74 anos)

  Não vi
Denunciar
Queria dizer ao grande PAULO NOBRE, que nós, eu e o Sarmento, temos, também, a "mania" de ficar assistindo os créditos dos filmes, "até a luzes acenderem", como bem você falou, Paulo. Não entendo o desespero da grande maioria dos expectadores em deixar a sala, o mais rápido possível.

18/03/2017 - André (38 anos)

  Ótimo
Denunciar
Excelente, divertido, ação do começo ao fim!

19/03/2017 - Salgueiro (43 anos)

  Bom
Denunciar
Gostei bastante do filme.

21/03/2017 - Samuel (26 anos)

  Bom
Denunciar
Gostei do filme, mas realmente concordo com os colegas acima, faltou explorar melhor os personagens antes dele irem pra ilha, isso faria com que nos importássemos com eles durante a história. O único com que fiquei mais próximo de criar empatia, foi o veterano de guerra interpretado pelo excelente ator John C. ReailyMostrar Spoiler , que ficou durante 28 anos na ilha e deixou pra trás a esposa e o filho que se tornou um adulto! Mostrar Spoiler E teve até referência ao clássico Apocalypse Now de Francis Ford Coppola!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Kong - A Ilha da Caveira (Kong: Skull Island)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.