Share on Google+

Alien: Covenant


Sinopse Ridley Scott está de volta e à frente do universo que ele mesmo criou em ALIEN: COVENANT, um novo capítulo dentro da franquia ALIEN.A tripulação da nave colonizadora Covenant, viajando rumo a um planeta localizado no lado oposto da galáxia, descobre um paraíso totalmente desconhecido, mas que irá se mostrar muito mais sombrio e perigoso do que podiam imaginar. Quando eles se deparam com uma terrível ameaça, precisam juntar forças para uma fuga angustiante.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Alien: Covenant
Título Original Alien: Covenant
Ano Lançamento
Gênero Aventura / Ficção / Suspense
País de Origem Reino Unido / Austrália / Nova Zelândia / Canadá / EUA
Duração122 minutos
Direção
Estreia no Brasil 11/05/2017
Estúdio/Distrib. Fox Filmes
Idade Indicativa 16 anos

Elenco


... David / Walter
... Daniels
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Theme ”From Alien (1979)
Composta por Jerry Goldsmith
“Das Rheingold, Scene 4: Entrance of the Gods into Valhalla ”Escrita por Richard Wagner
Interpretada por Stephen Barton
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

05/07/2017 - Thalys (25 anos)

  Regular
Denunciar
Esperava mais, como sempre pouca explicação, pouca imaginação também, pode ser isso, pois o filme não relata muita coisa, apenas ação de pessoas que aparecem no meio do nada e são atacados.

06/07/2017 - Felipe (31 anos)

  Bom
Denunciar
Esse filme me parece um Thriller achei estranho algumas cenas parecem passar muito rápido achei esse ai melhor que prometheus e o melhor fica no final no geral eu curti, os outros antigos tinham mais suspense, a nave mãe poderia ser melhor explorada alguns locais muito fechados da pra perceber que é um um lugar montado se fosse passado em 3D teria mais profundidade nas imagens.

06/08/2017 - Robson (58 anos)

  Bom
Denunciar
Bons efeitos, mantém a pegada nas duas horas com bom suspense, embora não seja o melhor de Ridley Scott.

06/08/2017 - Flavio Brendler (47 anos)

  Bom
Denunciar
Concordo que a franquia Alien está se prolongando demais. Em Alien, o 8 Passageiro tínhamos o fator surpresa, tudo era novidade e aterrorizante para a época. Cenas como a do Alien aderindo ao rosto de um tripulante e posteriormente estourando suas entranhas para sair ao mundo foram tão marcantes que viraram ícones do cinema de terror. Nas sequencias da franquia este impacto é quase totalmente perdido e tais cenas se tornam clichês. Pior, clichês da própria franquia e não de outros filmes. Mas a a significativa melhora nos efeitos especiais graças aos computadores e seus recursos maravilhosos. Importante frisar que no caso de Alien, mesmo sem recursos de CGI, tanto Alien, o 8 passageiro como o Resgate, impressionam pelo realismo e ótimos efeitos, o que na época não se viam em outros filmes, principalmente no gênero ficção/terror. Mas eis que temos aqui, neste novo filme da franquia, a volta do diretor, agora em idade avançadíssima, quase Matusalém, e não decepciona! É exagero absoluto dar uma nota menor que BOM para o filme. Tem que ter calma pra assistir uma película dessas. Se você vai assistir já acreditando de antemão que verá uma porcaria, estará condicionando seu cérebro ao erro. É fato que Ridley economizou na contratação dos atores para investir em CGI. A atuação dos atores que, exceto Fassbender, são desconhecidos, realmente nos faz torcer para que o Alien os extermine o mais rapidamente possível. São ruins realmente e sem expressão. James Franco, que também não é nenhum DeNiro faz uma apariçãoMostrar Spoiler relâmpago no início e é também devidamente eliminado. Mas a falta de brilho dos atores não compromete tanto o resultado final, pois quem mais atua realmente é Fassbender, os outros estão ali para falarem algumas frasesMostrar Spoiler e serem riscados do mapa em seguida pelo Alien, e isto não é spoiler, pois quem acompanha a franquia esta careca de saber que "quase" todo o elenco será trucidado e o filme acaba por falta de personagens. Isto tudo posto, recomendo o filme sim. Não é algo que vai fixar na mente, mas é bom passatempo. Prometheus era mais reflexivo e nos trazia incógnitas pra ficar pensando depois, este é mais pauleira, destruição, e acaba nos créditos finais. Vai lá e assiste! O filme é bom!

06/08/2017 - Gessé G. Furlan (47 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti super ansioso esperando que fosse o máximo. Afinal Ridley Scott é o cara. Pelo menos era. Gladiador, Alien, Thelma e Louise e Hannibal entre tantos outros ótimos filmes, ele já dirigiu. Mas este foi ruim. Eu esperavbem mais, assim como Prometheus que também deixou a desejar. De bom, as interpretações de Michael Fassbender, o queridinho do momento. Também gostei dos efeitos especiais. Ressalto, como já foi mencionado por outros amigos, que o filme mostra imagem do James Franco, sem mostrar nos créditos. Na verdade, no ano passado o ator estava confirmado que estaria no filme, mas acho que não era deste jeito. Pior é o caso de Guy Pearce que não aparece nos créditos, mas interpreta Peter Weyland em diálogo de vários minutos com um dos dois ótimos personagens feitos por Michael Fassbender. Falhou.

10/08/2017 - Gerson (35 anos)

  Péssimo
Denunciar
Acabei de ver, filme lixuuu não recomendo...

10/08/2017 - Kadu (40 anos)

  Ruim
Denunciar
Até que eu gostei de Prometheus, mas esse segundo filme é de lascar. Pensei até que fosse outro diretor de tão fraco e previsível que é.

19/08/2017 - Will (29 anos)

  Ruim
Denunciar
Não gostei, achei muito fraco.

02/09/2017 - Rui Alberto (52 anos)

  Ótimo
Denunciar
Gostei muito adoro este tipo de ficção, muito boa produção, ótimos efeitos especiais.

08/09/2017 - Lucas (26 anos)

  Ruim
Denunciar
Um verdadeiro lixo, roteiro fraco, atuações medianas, filme sem pé nem cabeça.

10/09/2017 - Rodspfc (34 anos)

  Regular
Denunciar
Ao ver o filme, fica a impressão que a tecnolgia usada nesse e bem inferior aos da decada de 70 e 80. Não sei o que acontece com os filmes de hoje em dia...

12/09/2017 - Monique Mcaf (31 anos)

  Bom
Denunciar
Eu gostei, bons efeitos especiais e um bom suspense! Também gostei do filme ser a continuação do Prometheus. Esperando o próximo filme!

17/09/2017 - Salgueiro (44 anos)

  Péssimo
Denunciar
Nunca vi robô com cabelos compridos e barba feita (Michael fassbender, o david/walter). Só nesse filme mesmo.

23/09/2017 - Lautner Angelov (25 anos)

  Bom
Denunciar
Alien: Coventant é a prova da competência do veterano Ridley Scott. Ele é o cara do gênero ficção. Sabe criar, como poucos, uma ambientação eficiente. O planeta em que o filme se passa é obscuro, perigoso e gótico; um paraíso inexplorado. E isso transcende, tornando a experiência bastante imersiva, mas com ressalvas. Se a sequência do prelúdio é imponente no visual, é impotente em seu roteiro. E isso reflete diretamente e negativamente, mas não exclusivamente, nos personagens, por conseguinte nos atores que, pobres coitados, não têm o que fazer. Sobra suor, mas falta carisma. Os personagens são desinteressantes, vazios. O grau de importância que têm na trama são pífios, se importar com eles então, torna-se uma árdua tarefa. Como dito anteriormente, o planeta é intimidante e misterioso, prevalece o suspense, sendo possível até se intimidar com aquele ambiente tão real e palpável, mas dificilmente você irá se importar com as pessoas que estão ali, vivenciando tudo aquilo. E isso num filme que se propõe em colocar a grande maioria de seus personagens em situações hostis, é um baita defeito do roteiro. E por falar em hostilidade, o gore reina em Covenant, à exceção fica por conta do momento trash ou pastelão mesmo, quando da primeira aparição da criatura, e percebemos uma tripulante toda atrapalhada e histriônica. Só para constar, é risível na mesma proporção daquela cena em que Ryuk aparece pela primeira vez ao Light, na adaptação americana de Death Note. O roteiro é falho não só no que tange aos personagens, mas também nas situações que decorrem da metade até o final do filme; é tudo muito previsível. E o plot de Prometheus? Pois bem, aqui eles desenvolvem, mas parecem não estar muito dispostos a aprofundar nisso. Nos é jogado, do nada, uma cena que ocorrera logo após o final de Prometheus. Foi abrupta, preguiçosa e simplória demais. Contudo, como esta nova trilogia trata-se de um prelúdio de Alien (1979), fica claro a real intenção de Ridley Scott, que é explicar a origem dos Aliens, e não dos humanos, mesmo que esse questionamento tenha tido grande peso na trama de Prometheus, e também esteja presente em Covenant, de maneira mais sutil. Tanto é que a intro já nos deixa isso claro, no antagonismo de criador e criação: o foco reside no homem e a máquina - implícito no primeiro filme -, e não mais entre o homem e a crença/divindade - que também está presente aqui, e a referência ao Beijo de Judas não deixa mentir. Alien: Covenant funciona muito bem dentro de um mesmo universo, mas se observado isoladamente, tem problemas técnicos e segue a mesma estrutura dos dois primeiros filmes da saga. Não obstante, não inculcar na mesma proporção e peso o questionamento que se propusera no primeiro filme dessa trilogia prelúdio, acaba sendo decepcionante. Contudo, apesar desses problemas, Alien: Covenant agrada. Agrada pelo bom ritmo, pelo visual e atmosfera, mas peca por não aprofundar bem seus personagens e por trilhar algumas soluções de roteiro simplórias e previsíveis. O plot para a conclusão da trilogia é interessante, e faço questão de conferir.

28/09/2017 - Scoobysnnax (40 anos)

  Bom
Denunciar
Foi interessante. Mas sem muitos brilhos e estrelinhas porque tem uns furos... Tipo, o filme não quer acabar e arruma umas coisinhas que nem se explicam pra dar uma esticada. Socorro né. E engraçado foi ver o Guy Pearce e o James Franco fazendo pontas. Obviamente são tão fãs da franquia que fizeram de tudo pra aparecer pelo menos um tiquinho. A relação que ele tem com Prometheus é bacana. Mas ele nem sequer supera aquele infelizmente. E olhe que nem curti muito Prometheus! É meio triste enfim, mas pra quem tinha saudade dos xenomorfos é um passatempo válido.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Alien: Covenant (Alien: Covenant)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.