Share on Google+

Cinquenta Tons Mais Escuros

  (Fifty Shades Darker)
Sinopse Adaptação do livro homônimo, segundo da trilogia de E. L. James. Movida pelo incômodo em relação aos hábitos de Christian Grey e o desejo de focar em sua carreira profissional, Anastasia resolve terminar o relacionamento.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Cinquenta Tons Mais Escuros
Título Original Fifty Shades Darker
Ano Lançamento
Gênero Drama / Romance
País de Origem EUA
Duração118 minutos
Direção
Estreia no Brasil 09/02/2017
Estúdio/Distrib. Universal Pictures
Idade Indicativa 12 anos

Elenco


... Anastasia Steele
... Christian Grey
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“I Don't Wanna Live Forever ”Escrita por Taylor Swift, Sam Dew, Jack Antonoff
Interpretada por Zayn Malik (como ZAYN) e Taylor Swift
(p) 2017 Universal Studios e Republic Records, a division of UMG Recordings, Inc.
“Not Afraid Anymore ”Escrita por Halsey (como Ashley Frangipane), Jason Quenneville, Nasri Atweh. Adam Messinger
Interpretada por Halsey
(p) 2017 Universal Studios e Republic Records, a division of UMG Recordings, Inc.
>> Ver toda a Trilha Sonora...

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

11/02/2017 - Marcos (22 anos)

  Bom
Denunciar
Não chega a ser um filme ruim, mas é fraco. Pois é um filme adaptado de um livro que também não colabora com GRANDES e BOAS reviravoltas e um bom diálogo. Cinquenta tons mais escuros tem mais detalhes do livro do que o primeiro filme. Tem uma boa fotografia, ótima trilha sonora e uma boa direção. Acho que melhorou desde o primeiro filme. Ainda sim é um filme feito para os fãs e para as pessoas que já conhecem e gostam da história, eu gostei.

12/02/2017 - Camila (31 anos)

  Ruim
Denunciar
Filme péssimo! Roteiro super fraco e cenas super mal feitas! Assisti o primeiro e achei melhorzinho... ! Decepção total! I.

12/02/2017 - Victor (16 anos)

  Bom
Denunciar
Li muitas críticas ruins que falam a mesma coisa sobre o filme. Criticas injustas falando mal dos atores e da direção que na minha opinião, fizeram um bom trabalho adaptando (fazendo mágica) esse filme de um livro que você não poderia ver nunca como um filme. Deixaram mais o sexo e se concentraram na história e no romance difícil entre duas pessoas MUITO diferentes, tentando fazer as coisas darem certo. O personagem de Jamie Dornan faz grandes mudanças, faz grandes desafios que para qualquer um seria fácil, mas para ele, um personagem problemático e doente psicologicamente, é um grande esforço que dá para compreender. O filme tem vários problemas em relação a roteiro, mas é necessário ver além desse ponto importante que no meio dessa falta, há de forma rara de ver em outros filmes, um grande excesso de qualidades técnicas que rodeiam o filme e o deixam até melhor do que o poderia ser. É mais escuro e mais misterioso, embora há personagens poucos aprofundados na história, só os vemos como barreiras para o casal principal e como eles passam por cada uma dessa barreiras.

13/02/2017 - Andrezza (37 anos)

  Regular
Denunciar
Quem leu o livro não vai gostar dessa versão. Tem uma parte no livro em que Christian vai tomar banho, após o rompimento com Anastasia, e se machuca. Não tem no filme. Tem outra parte que ele corre ao psiquiatra para contar que sente falta de Anastasia e esta conhece e dança com o psiquiatra no baile. Isso também não tem no filme.A participação da stalker também é ínfima. Enfim, preferi o primeiro.

14/02/2017 - Sérgio Sarmento (63 anos)

  Regular
Denunciar
Assisti NO CINEMA, nesta data, quando do lançamento efetivado nacionalmente em 09.02 passado. Olha! Tem certos filme que vemos e sabemos, antecipadamente, que estamos sendo enviados para uma "ratoeira" medonha. É caso deste segundo filme da trilogia "50 Tons". Há dois anos atrás assisti o primeiro filme. O resultado disso é, em resumo, ridículo. Mas já realizei duas resenhas pertinentes, para o IF, em 12 e 20.02.2015. Mas este Cinquenta Tons Mais Escuro é "menos ruim" que o anterior. Houve uma mudança na direção. Saiu Sam Taylor Johnson que só tem um título razoável em seu cadastro que que tem o nome de O Garoto de Liverpool (2009). E que no primeiro filme 50 Tons foi muito ruim na direção. Por ser incompetente, mesmo, se atritou com autora e produtora do filme E.L. James. Mas isso foi bom. Pois foi chamado um veterano diretor nova iorquino chamado James Foley. Que não é grande coisa cinematograficamente, mas que soube pelo menos fazer um filme menos "escroto" (malfeito, ordinário, grosseiro) que o anterior. O cara procurou mudar o enfoque. De situações sadomasoquismo, isto é, o sexo era visto como uma coisa brutal e que envolvia o prazer sexual pela dor e acompanhava, um momento tão divino como aquele, com relhos, porradas, correntes, algemas e outras "coisinhas" que fico ruborizado (rsrs) só em lembrar, quanto mais escrever. Não que o filme atual não tenha um repertório sexual "estimulante". Tem! Mas em grau bem menor. O roteiro privilegiou mais o sexo "papai mamãe", o primeiro encontro do casal mostra muito bem isso, procura explicar o passado do protagonista e mais a relação entre as pessoas, digamos familiar, já se fala até em casamento. Isso até que melhorou o filme! Não que tenha ficado grande coisa. Mas já não é mais aquela exploração ordinária sexual (apelação pela apelação) que tinha o anterior. Novamente temos em cena um ator britânico que é visto "um pouco melhor" que o filme anterior. Falo do irlandês Jamie Dornan. Os atores da terra da rainha Elizabeth são reconhecidos como muito bom, mas este definitivamente, no geral, não confirma a regra. Mas tem um talento chamado Dakota Johnson a filha de Don Johnson com Melanie Griffith e neta de Tippi Hedren. Portanto a jovem é da terceira geração de atores "monstruosos" de bom e ela confirma todos. Pois Dakota mais um vez leva, pelo seu talento e beleza, um filme que seguramente seria mais pobre se não contasse com ela. Enfim! É filme que no geral não merece que se fale muito. Mas eu, com toda a sinceridade, não conta (rsrs). Mas posso afirmar que no meio dos créditos finais vemos um trailer do Cinquenta Tons de Liberdade (2018) e que veremos o final desta trilogia (ora! Que no século passado chamávamos de "caça níqueis") em 08.02.2018. Bem rapidinho, portanto, pois a segunda e terceira parte, foram filmadas uma após a outra. Ah! Já estava esquecendo. Colega Paulo: Concordo que "gosto não se discute". Mas acrescendo que "SÓ SE LAMENTA", meu caro Nobre. Até outro comentário logo ali. Só espero que seja este LION - Uma Jornada Para casa. Um filme muito estimado e que todos os amigos que encontro me falam que esperam ansiosos meu comentário. Vamos ver, portanto!

16/02/2017 - Paulo Nobre (60 anos)

  Não vi
Denunciar
Colega Sérgio, o que eu NUNCA LAMENTO é só encerrar a visita à página depois que o MEU CARO SARMENTO, faz seu comentário do filme. Sei que os filmes que você menos espera alguma deixa para ver por último (ou talvez seja apenas logística de quem vê muitos), assim estava com paciência, pois li seu comentário do primeiro e vi que você não gostou. Veja o que aprendi com o seu comentário: Não sabia que os dois últimos haviam sido filmados em sequência, tipo o senhor dos anéis e que Dakota Johnson era neta de Tippi Hedren, que nos últimos anos tem trabalhado muito em séries televisivas.

16/02/2017 - Aline Montor (25 anos)

  Bom
Denunciar
Bom eu não li os livros, assiste 1° faz tempo e o 2 ontem no cinema, mais o segundo me pareceu mais interessante de se ver, porque se nota visivelmente algumas mudanças do primeiro para o segundo. E também alguns novos personagens dando as caras, deu ar mais de novidade e intrigas. A História deu uma melhorada e algumas máscaras já cairão. E Tem umas cenas com lugares belos! Eu curte, aconselho a assistirem.

21/02/2017 - Fabiana (27 anos)

  Ótimo
Denunciar
Quem gosta do livro, vai gostar do filme. Adaptação ótima. Me lembrei de todas as partes. Amei!

23/02/2017 - Paulo Meiras (52 anos)

  Bom
Denunciar
Mesma opinião que a do filme anterior: como cinema, ruim. Como produto, bom. O filme é suavizado pra garantir faixa etária mais abrangente e, consequentemente, maior bilheteria. Frustra o público que esperava ver a sacanagem como foi escrita, mas esse mesmo público chiaria se visse algo mais forte. É uma modinha da nossa época, que será esquecida rapidamente como foram obras muito superiores à trilogia. Mas é uma boa produção comercial, eficiente na sua proposta.

25/02/2017 - Salgueiro (43 anos)

  Não vi
Denunciar
Não perco meu tempo com esses filmes.

28/02/2017 - Mrl (37 anos)

  Ótimo
Denunciar
Gostei bem melhor que o primeiro podem assistir que não vão arrepender.

01/03/2017 - Zé Paulo (30 anos)

  Péssimo
Denunciar
Péssimo filme, entrou na minha lista de filmes que não suporto. Temática chata, insuportável.

01/03/2017 - Renata (39 anos)

  Bom
Denunciar
Bom, realmente não se compara ao livro, mas dá paraver.

12/03/2017 - Bernardo (20 anos)

  Péssimo
Denunciar
O Filme é ruim e um desperdício de tempo.

19/03/2017 - Izaque (24 anos)

  Ótimo
Denunciar
Ótimo filme! Ótimas atuações! Filme leve e sem exageros! E conta a história da maneira correta! O problema das que criticaram é porque estão acostumadas com filme com sexo exagerado ou ação exagerada! Gostei muito, achei que iam explorar só as cenas de sexo, mas me surpreenderam!

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Cinquenta Tons Mais Escuros (Fifty Shades Darker)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.