Share on Google+

Camille Claudel


Sinopse Em Paris, em 1885, a jovem escultora Camille Claudel entra em conflito com sua família burguesa ao tornar-se aprendiz e, depois, assistente do famoso Auguste Rodin. Quando ela se transforma em amante do mestre (que já era casado), cai em desgraça junto à sociedade parisiense, embora tenha amigos do porte do compositor Claude Debussy. Depois de quinze anos de tortuoso relacionamento com Rodin, Camille rompe o romance e mergulha cada vez mais na solidão e na loucura. Por iniciativa de seu irmão mais novo, o escritor Paul Claudel, é internada em 1912 num manicômio.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil Camille Claudel
Título Original Camille Claudel
Ano Lançamento
Gênero Drama / Épico / Romance
País de Origem França
Duração175 minutos
Direção

Elenco


... Camille Claudel
... Auguste Rodin
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Spleen”from "Ariettes oubliées"
Música de Claude Debussy
Poem by Paul Verlaine
Interpretada por Barbara Hendricks soprano, Michel Beroff piano
(p) EMI Classics
“Impromptu E-flat major, D.899-2”Composta por Franz Schubert

Trailer



Comentários



  >> Ver todos os Comentários...

29/10/2009 - Analice Freitas (21 anos)

15
  Ótimo
Denunciar
Ele é interessante, emocionante, belo, uma grande história que envolve paixão, talento, artes e cultura e uma magnífica obra um verdadeiro clássico.

30/11/2009 - Bete Vieira (37 anos)

16
  Ótimo
Denunciar
Muito bom. Uma viagem sobre a arte e sobre a loucura. Denso na dose certa e com uma pitada de romantismo. Amei. Mais uma vez a esquizofrenia como a tônica do fim da vida de um artista.

18/05/2010 - Gabi (15 anos)

17
  Ruim
Denunciar
Ele é muito chato a família da camille é muito preconceituosa.

01/06/2010 - Nathalia (19 anos)

18
  Ótimo
Denunciar
Assisti ao filme em função da disciplina de Teoria Antropológica I, vista no curso que faço (Ciências Sociais), já que no mesmo é possível analisar a existência (ou ausência) de "pessoa" ou "indivíduo" no personagem de Camille Claudel. É possível notar que ela, ao sair de sua vida burguesa e tentar realizar seu sonho em Paris está passando de "pessoa" à "indivíduo", pois ela deixa para trás a crítica de toda uma sociedade e busca a sua vontade individual. Porém, no momento em que, mesmo em Paris, ela sofre preconceito por ser amante de Rodin e a partir de então começa a abdicar-se de algumas de suas vontades - até pelo próprio Rodin, que não admitia seu talento - ela retorna ao posto de pessoa, pois ela continua a agir de acordo com as leis que a sociedade à impõe, ela passa a seguir as regras do mundo onde vive, passa a presar a totalidade social à qual se vincula, dentre outras características que fundamentam a "pessoa". Ao entender-se isso, no meu ponto de vista, percebemos que sua "loucura" é o que hoje chamamos de 'depressão', pois em seu tempo, Camille certamente não teve alguém que diagnosticasse nela este problema e talvez até propusesse uma solução do caso como se tem hoje, através de tratamentos químicos ou psicológicos, justamente pelo falto de esta ainda nem ser conhecida para ser considerada uma doença.

29/11/2010 - Caetano Neto (30 anos)

19
  Ótimo
Denunciar
Eu assisti este filme com o objetivo de conhecer a história de Camille e Rodin em trabalho universitário. O filme é longo, mas mostra cada escultura magnífica, perfeita. A emoção da interprete é sensacional. Recomendo aos amantes da artes assistirem este filme. Muito bom.

22/12/2010 - Simone (23 anos)

20
  Regular
Denunciar
Eu gostei muito da interpretação da Isabelle Adjani, achei que ela realmente encarnou a camille claudel. Só que esse filme poderia ter sido melhor, se tivesse mais roteiro e sem aquelas cenas escandalosas, que mostrava mulheres nuas fazendo poses estranhas.

05/07/2011 - Vitor Emanoel (55 anos)

21
  Ótimo
Denunciar
Vi uma vez e achei uma história muito triste. Mas valeu a pena ver lindas esculturas. Achei também o trabalho dela superior ao de Rodin.

04/08/2011 - Cleison (34 anos)

22
  Ótimo
Denunciar
Umas das melhores interpretações de Isabele... Vale a pena ser visto triste, intenso, quem assistir não ira esquecer.

10/01/2012 - Jessica Barros (20 anos)

23
  Ótimo
Denunciar
O filme Camille Claudel é maravilhoso. Assisti na faculdade na disciplina de literatura portuguesa. Camille Claudel foi uma pessoa admiravel, forte para ir em busca dos seus ideais, porém fraca para lidar com os próprios sentimentos. Um filme nota dez...

02/11/2012 - Marli Areal Freire (58 anos)

24
  Ótimo
Denunciar
Adorei o filme e depois vi sua exposição no Museu Nacional de Belas Artes. Achei que Rodin contribuiu para sua loucura com medo que ela o superasse e na minha opinião era superior.

12/11/2012 - Alvaraum! (55 anos)

25
  Ótimo
Denunciar
Senti exatamente como A Sra Marli Areal Freire acima. Nas entrelinhas se percebe que Rodin fez de tudo para anular Camille por medo de seu talento (o dela). E conseguiu. O ego de Rodin a levou à loucura!

12/11/2012 - Ana Gago Belo (45 anos)

26
  Ótimo
Denunciar
Vi este filme há muitos anos atrás e ainda hoje penso nele como um filme belíssimo... É inesquecível quando pensamos no cinema "belo".

07/12/2012 - Marcia (56 anos)

27
  Ótimo
Denunciar
Ainda que se fale um rio de palavras, será pouco para ilustrar a beleza do filme e a interpretação dos atores em geral. Parabéns!

23/06/2013 - Jaque (16 anos)

28
  Péssimo
Denunciar
Muito ruim na moral, mo filme sla zuado.

22/09/2014 - Julio Simi Neto (57 anos)

  Ótimo
Denunciar
Pobre Jaque, continue assistindo suas sessões da tarde. Essa obra retrata de forma magistral a vida conturbada da genial Camile Claudel, sob a direção segura de Bruno Nuytlen somada as atuações perfeitas dos ótimos Gerard Depardieu e Isabelle Adjani. Pode conferir, um filme marcante.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

Camille Claudel (Camille Claudel)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.