Share on Google+

A Dupla Vida de Véronique

  (La double vie de Véronique)
Sinopse Véronique vive em Paris, Weronika em Varsóvia. A atriz Irène Jacob (A Fraternidade é Vermelha) interpreta essas duas mulheres que nasceram no mesmo dia e que, de alguma maneira, à distância, sentem a presença uma da outra. Essa estranha conexão interfere em suas vidas e relacionamentos.

Share on Google+

Informações


Título no Brasil A Dupla Vida de Véronique
Título Original La double vie de Véronique
Ano Lançamento
Gênero Drama / Aventura / Musical
País de Origem França / Polônia / Noruega
Duração98 minutos
Direção
Estúdio/Distrib. Versátil Seleções
Idade Indicativa 14 anos

Elenco


... Weronika / Véronique
... La Tante
>> Ver todo o Elenco...

Trilha Sonora


“Verso il cielo”Música de Zbigniew Preisner
Text from Dante Alighieri (como Dante)
Interpretada por Le Grand Orchestre de la Radio et Télévision Polonaise de Katowice, Choeurs Philharmonique de Silésie,
Elzbieta Towarnicka (soprano), Jacek Ostaszewski (flute)
Conducted by Antoni Wit

Trailer



Comentários


13/08/2007 - Rafael Lemos

1
  Ótimo
Denunciar
Sou bastante suspeito para dizer alguma coisa de qualquer filme do Kiéslowski, pois este se trata de meu diretor preferido. O filme em questão é uma produção complexa e bastante densa, feita para atender um público já acostumado com os filmes deste diretor polonês (não aconselho àqueles que nunca viram algum filme do Kieslowski começar por este, devido a sua trama cadenciada). O fato é que "A dupla vida de Véronique" é daqueles filmes que precisam ser revistos para que possamos entende-lo melhor. Uma produção que nos faz pensar.

04/10/2007 - José Thiesen

2
  Ótimo
Denunciar
Kieslowski é um gênio. Seus filmes são visuais, quase sem som ou diálogos. Estes, quando acontecem, conduzem a história, mesmo não parecendo. "A Dupla vida de Veronique" é uma obra-prima e ponto! Um filme que se renova cada vez que se o vê.

15/11/2008 - Tanto Faz

3
  Ótimo
Denunciar
Após assistir a Rouge, e a La double vie de veronique, tornei-me fã incondicional da gostosíssima e belíssima Iréne Jacob. Kieslowski cometeria a insensatez de chamar a dona-de-casa Andie MacDowell para o papel, ainda bem que essa declinou, dando lugar a Irene que se consagraria num dos melhores filmes desse diretor cujo trabalho é inominável.

27/05/2010 - Sérgio (44 anos)

4
  Ótimo
Denunciar
Sem dúvida, é um excelente filme...

27/05/2010 - Valmore (38 anos)

5
  Ótimo
Denunciar
Já se passaram quase 20 anos que eu assisti a esse filme... Até hoje me lembro das cenas, especialmente das músicas... Lindas... Sensíveis... O mesmo tenho a dizer sobre a trilogia do mesmo cineasta... Todos deveriam ter o direito de fato ao acesso a filmes... A cultura... Sempre indico... Quase imploro para assistirem. Parabéns Kieslowski...

13/09/2010 - Francisco Paulo (56 anos)

6
  Ótimo
Denunciar
Todos tem razão. O Cineasta da Trilogia das Cores é 10. Nunca vi um filme dele que possa ser considerado pelo menos Razoável. Não Amarás e Não Matarás são outros dois filmes Ótimos desse Diretor magnífico. Que pena que está tão difícil hoje (com raríssimas exceções) de se ver Filmes com qualidade assim.

Novo Comentário
Faça seu comentário, mas por favor, siga estas regras:
- Não faça perguntas, faça comentários sobre o filme;
- Não conte o final do filme nem partes importantes para o desfecho, mas se necessário marque o texto;
- Seja objetivo e descreva o porquê de sua nota;
- Se você ainda não assistiu ao filme, dê nota "Não vi";
- Não critique outros comentários, apenas faça o seu, sem preconceitos;
- Se você não gosta deste gênero de filme, é melhor não comentar;
- Comentários que descumprirem estas regras, serão excluídos totalmente.

 Agradecemos a colaboração. Bom uso!

O Texto Contém Spoiter? Sim / Não     Selecione o texto com "Spoiler" e click aqui.

Nome: Idade:  Nota:

Últimos Visitados

A Dupla Vida de Véronique (La double vie de Véronique)

Copyright © 2017 www.interfilmes.com - Todos os Direitos Reservados. Acesse a Política de Privacidade.